PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras admite ineficiência e quer entrar "mais ligado" na terça

Rony quer o Palmeiras "mais ligado" contra o Guaraní (PAR) - Bruno Ulivieri/Agif
Rony quer o Palmeiras "mais ligado" contra o Guaraní (PAR) Imagem: Bruno Ulivieri/Agif

Arthur Sandes

Do UOL, em São Paulo

07/03/2020 19h31

O empate por 1 a 1 contra a Ferroviária, na tarde de hoje, deixou os jogadores do Palmeiras descontentes. O time até criou bastante, mas pecou nas finalizações e sofreu o empate após dominar boa parte do jogo. Não à toa os atacantes Rony e Willian deixaram o gramado do Allianz Parque pedindo mais capricho.

"É até difícil falar neste momento, porque poderíamos ter vencido, e o empate foi em uma infelicidade nossa", disse Rony à Rádio Globo. "Agora é levantar a cabeça, porque temos um jogo importantíssimo. Esperamos entrar mais ligados para fazer uma grande partida e sair com o resultado positivo", completou, referindo-se ao duelo contra o Guaraní (PAR), na terça-feira (10), pela fase de grupos da Copa Libertadores.

"Com todo o respeito à Ferroviária, que nos criou dificuldades, mas as chances mais claras foram nossas", avalia Willian, autor do gol palmeirense e artilheiro do Paulistão com seis gols. "Temos que ser eficientes e aproveitar as oportunidades. Saímos bravos com o resultado, ainda mais aqui na nossa casa", lamenta o atacante.

O Palmeiras chega aos 18 pontos com o empate, mas perde a oportunidade de ultrapassar o Santo André - que ficou nos 19 ao perder do Oeste, mais cedo. Se tivesse batido a Ferroviária, a equipe de Vanderlei Luxemburgo teria alcançado a melhor campanha do Estadual.

Faltando três jogos para o fim da fase de classificação, o Palmeiras seguirá em busca da liderança no interior. Na próxima rodada, a equipe enfrenta a Internacional, no sábado (14), em Limeira.

Futebol