PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Nenê tem melhor início de ano da carreira e lidera ataque goleador do Flu

Nenê fez o segundo do Fluminense contra o Botafogo-PB, seu oitavo gol em 2020 - Thiago Ribeiro/AGIF
Nenê fez o segundo do Fluminense contra o Botafogo-PB, seu oitavo gol em 2020 Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Caio Blois

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

05/03/2020 04h00

De reserva a artilheiro da equipe na temporada. Nenê terminou 2019 em baixa, mas faz em 2020 o melhor início de ano de toda a sua carreira. Aos 38 anos, o experiente meia lidera o ataque do Fluminense, que tem a segunda melhor marca de todas as equipes da Série A até aqui, atrás apenas do rival Flamengo, que marcou 28 vezes.

Após balançar as redes oito vezes em 10 jogos, o veterano superou todas as suas marcas desde o início da carreira no Paulista, de Jundiaí. Entre passagens por Brasil, Espanha, França, Qatar e Inglaterra, Nenê jamais havia começado um ano ou temporada tão artilheiro. Além disso, voltou a "calibrar o pé" na bola parada, que lhe rendeu metade dos gols até aqui: três de pênalti e um de falta, seu único pelo Flu.

"Vamos aproveitar enquanto dura. O mais importante realmente é a equipe vencer e, se eu estou fazendo gol, melhor. Mas fico feliz por a gente ter ganho o jogo de novo e se classificado para a próxima fase", declarou o "humilde" Nenê na zona mista após a vitória sobre o Botafogo-PB.

Antes reserva de Ganso, Nenê assumiu a vaga de titular e não parece dar brechas ao companheiro. Artilheiro isolado da Copa do Brasil com três gols e terceiro na artilharia do Campeonato Carioca, com cinco, atrás apenas de Gabigol e João Carlos, do Volta Redonda.

Comandante da equipe, Odair Hellmann também comentou a boa fase do camisa 77. Para o treinador, o coletivo forte faz a individualidade sobressair.

"Que bom que o Nenê está fazendo, mas outros jogadores também estão fazendo. Eu fico feliz com a vitória do Fluminense e tenho certeza que ele também. Se perguntar para ele e para todos os jogadores se preferem trocar gols por uma vitória, vão responder que sim", declarou, em coletiva.

Criticado por supostamente ser "retranqueiro", Odair destacou a expressiva marca de sua equipe, que já anotou 26 gols em 12 jogos em 2020.

"Que bom que produzimos inúmeras situações perigosas. Porque quanto mais situações, mais possibilidade de fazer os gols. Estamos com um ataque muito positivo, muitos gols, poucos gols tomados. Isso mostra um equilíbrio da equipe até agora. Que sigamos assim que conseguiremos seguir forte nessa caminhada. Independentemente de quem faça os gols, o importante é o Fluminense está vencendo", afirmou.

Fluminense