PUBLICIDADE
Topo

Ex-jogador de futebol é assassinado e tem corpo desmembrado na Colômbia

Juan Diego González se aposentou dos gramados em 2011 pelo Philadelphia Union (foto); autoridades investigam possível acerto de contas - Drew Hallowell/Getty Images
Juan Diego González se aposentou dos gramados em 2011 pelo Philadelphia Union (foto); autoridades investigam possível acerto de contas Imagem: Drew Hallowell/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

05/03/2020 18h57

Juan Diego González, ex-jogador de equipes como Independiente Medellín (Colômbia), San Lorenzo (Argentina), Santa Fe (Colômbia), Once Caldas (Colômbia), Santos Laguna (México) e Philadelphia Union (EUA), foi assassinado na Colômbia. A informação foi divulgada ontem pela imprensa do país.

O corpo de González, de 39 anos, foi encontrado desmembrado dentro de um saco que estava perto do rio Medellín, na cidade de Copacabana, departamento de Antioquía. As autoridades investigam a possibilidade de um acerto de contas. Outro corpo também foi achado no local.

Embora a descoberta tenha acontecido no dia 27 de fevereiro, a informação só foi divulgada a partir da identificação do corpo de González. Os restos mortais do ex-jogador foram reconhecidos por um familiar, segundo o site do jornal El Colombiano. O outro corpo não foi identificado.

Nas redes sociais, clubes como Santa Fe e Once Caldas prestaram homenagens hoje ao ex-jogador.

Ao longo da carreira, Juan Diego González conquistou como principais títulos a Copa Mercosul de 2001 pelo San Lorenzo e a Copa Colômbia 2008 pelo La Equidad. Ele estava aposentado desde 2011, quando atuou pelo Philadelphia Union no futebol dos Estados Unidos.

Esporte