PUBLICIDADE
Topo

Futebol


5 times da Série A já demitiram; veja quem caiu e listão de desempregados

Dudamel durante partida contra o Afogados-PE, marcada pela eliminação do Atlético-MG na Copa do Brasil - Bruno Cantini / Agência Galo / Atlético
Dudamel durante partida contra o Afogados-PE, marcada pela eliminação do Atlético-MG na Copa do Brasil Imagem: Bruno Cantini / Agência Galo / Atlético

Do UOL, em São Paulo

01/03/2020 04h00

A temporada 2020 tem poucas semanas de duração, mas já fez vítimas. Com as quedas recentes de Rafael Dudamel, no Atlético-MG, e Cristóvão Borges, no Atlético-GO, cinco treinadores dos times da Série A do Brasileirão já perderam o emprego.

A lista de demitidos tem, além de Dudamel e Cristóvão, Alberto Valentim, Guto Ferreira e Argel. Os técnicos comandavam, respectivamente, Botafogo, Sport e Ceará.

Os casos de Dudamel e Cristóvão são similares, ambos foram anunciados no começo do ano. O técnico venezuelano esteve à frente do Atlético-MG em dez partidas, com quatro vitórias, quatro empates e duas derrotas (aproveitamento de 53%). A demissão aconteceu depois das eliminações na Copa Sul-Americana e na Copa do Brasil.

Cristóvão, por sua vez, comandou o Atlético-GO em apenas sete partidas, com quatro triunfos, dois empates e apenas um revés (aproveitamento de 66%). A diretoria do clube deu explicações e afirmou que tomou a decisão por questões de "metodologia de trabalho".

O Atlético-GO será comandado pelo interino Eduardo Souza na partida contra o Jaraguá, pelo Campeonato Goiano, enquanto James Freitas e Lucas Gonçalves, ambos da comissão técnica fixa do Atlético-MG, estará à frente do time mineiro diante do Boa Esporte, pelo Mineiro.

Já Alberto Valentim foi demitido do Botafogo no último dia 9, após derrota por 3 a 0 no clássico com o Fluminense. O treinador, que assumiu a equipe em outubro do ano passado, foi substituído por Paulo Autuori. Guto Ferreira deixou o comando do Sport no dia 14 de fevereiro, depois da eliminação na Copa do Brasil na derrota para o Brusque - ele ficou 12 meses no cargo. Daniel Paulista assumiu o posto.

Argel, por sua vez, ficou pouco mais de três meses no Ceará. O técnico trocou o CSA pelo Ceará na reta final do último Brasileirão e acabou demitido no dia 9 de fevereiro. Enderson Moreira comanda o time cearense desde então.

A lista de treinadores desempregados no futebol brasileiro é extensa. Ela tem, por exemplo, Luiz Felipe Scolari e Mano Menezes, que estão parados desde a saída do Palmeiras, em setembro e dezembro de 2019, respectivamente.

Cuca, que comandou o São Paulo até setembro, também faz parte dela, assim como Oswaldo de Oliveira, Zé Ricardo, Jair Ventura, Marcelo Oliveira, Vagner Mancini, Ricardo Gomes, Celso Roth, Falcão e Dunga.

Errata: o texto foi atualizado
Ao contrário do que informado anteriormente, o técnico Alberto Valentim deixou o Botafogo e foi substituído por Paulo Autuori e não por Abel Braga. O erro foi corrigido.

Futebol