PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Como Tiago Nunes planeja escalação inédita em volta do Corinthians

Técnico Tiago Nunes passa instruções para os seus comandados em treinamento no CT Joaquim Grava - Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Técnico Tiago Nunes passa instruções para os seus comandados em treinamento no CT Joaquim Grava Imagem: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo (SP)

29/02/2020 04h00

Classificação e Jogos

O técnico Tiago Nunes prepara um "novo Corinthians" no período em que o clube paulista fica sem atuar. Após o empate com o Santo André por 1 a 1, na última quarta-feira (26), o Alvinegro só volta a jogar contra o Novorizontino, dia 7 de março, fora de casa, pela nona rodada do Campeonato Paulista 2020. São nove dias sem jogos no total.

Segundo apurou o UOL Esporte, Tiago Nunes planeja uma escalação inédita na volta do Timão aos gramados. Para isso, ele conta com o retorno do meia Ramiro, que está em transição do departamento médico para o campo após sofrer lesão no joelho. O mais provável é que ele retorne contra o Ituano, na Arena, no dia 15, mas há esperança que ele possa voltar na próxima rodada.

Preterido por Fábio Carille, ex-técnico do Corinthians, Ramiro se destacou no início desta temporada sob o comando de Tiago Nunes e, antes da lesão, já havia marcado dois gols.

A escalação inédita ainda pode contar com o volante Ederson, ex-Cruzeiro. O jogador foi regularizado no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), e fica a disposição de Tiago Nunes contra o Novorizontino.

O atleta foi contratado após pedido de Tiago Nunes. O ex-volante do Cruzeiro possui características que agradam ao treinador, como boa técnica e passe vertical. Por conta disso, Ederson já atuou em todas as posições do meio-campo, inclusive, meia centralizado.

Ramiro e Ederson poderiam jogar juntos com Yony González pela primeira vez. O colombiano é uma das prioridades de Tiago Nunes no período de nove dias sem jogos. O treinador admitiu culpa por antecipar a estreia do ex-atacante do Fluminense.

Yony González ainda não justificou a sua contratação. O colombiano entrou em campo três vezes, todas como titular, contra São Paulo, Água Santa e Santo André. O Timão não venceu com ele em campo, aliás. Foram dois empates e uma derrota.

No entanto, Yony não conseguiu realizar uma jogada de profundidade sequer, se mostrou fora de ritmo e sem velocidade. Até as finalizações do colombiano foram desastrosas, passando bem distante do gol do adversário.

Tiago Nunes ainda estuda duas mudanças na defesa. Na zaga, o treinador pode testar Danilo Avelar, Carlos Augusto ou Bruno Méndez no lugar de Pedro Henrique. A primeira opção depende da recuperação de Avelar, que está em transição do departamento médico para o campo após sofrer uma lesão no púbis.

Outra mudança no sistema defensivo pode ocorrer na lateral-esquerda. Tiago Nunes ainda não desistiu de Sidcley, que foi contratado do Dínamo de Kiev, da Ucrânia, mas chegou acima do peso e sem ritmo de jogo. O treinador, atualmente, escala o jovem Lucas Piton, que destacou em diversos jogos.

Um "novo Corinthians" para o futuro pode ter Cássio, Fagner, Gil, Danilo Avelar, Sidcley (Piton); Camacho (Ederson), Cantillo, Luan, Ramiro, Boselli e Yony González.

Futebol