PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Rui Costa se despede do Atlético-MG após demissão e sai em defesa do elenco

Diretor de futebol chegou ao Atlético em abril de 2019 e deixa o clube antes de completar primeiro ano no cargo - Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG
Diretor de futebol chegou ao Atlético em abril de 2019 e deixa o clube antes de completar primeiro ano no cargo Imagem: Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

27/02/2020 13h38

Agora ex-diretor de futebol do Atlético-MG, Rui Costa emitiu uma nota de agradecimento e despedida do time mineiro. Na madrugada desta quinta-feira (27), o dirigente foi demitido do clube mineiro, que também mandou embora o gerente de futebol, Marques, e o técnico Rafael Dudamel e sua comissão técnica.

Responsável pelas contratações do Atlético desde abril do ano passado, Rui Costa admitiu que os resultados não foram satisfatórios, mas reforçou sua confiança nos jogadores do atual elenco para a temporada de 2020. Leia abaixo a nota na íntegra:

"É com muita tristeza que encerro nesta quinta-feira (27) minha passagem pelo Clube Atlético Mineiro. Só tenho a deixar os meus mais sinceros agradecimentos a essa instituição, para a qual entreguei toda a minha dedicação desde o primeiro dia de trabalho.

Apesar dos resultados insatisfatórios e frustrantes desse início de temporada, tenho muita confiança na hombridade e capacidade do grupo. Presenciei claramente o quanto sentem na pele a dor de uma derrota. Creio fortemente que esses mesmos atletas levarão o Galo às vitórias e conquistas que esse grande clube merece.

Minha gratidão ao presidente Sérgio Sette Câmara, ao vice-presidente Lásaro Cândido da Cunha, comissão técnica e todos os profissionais e colaboradores com quem convivi neste período. Deixo, por fim, um agradecimento especial aos apaixonados atleticanos, que sempre jogaram junto com o time, nos bons e maus momentos. Muito obrigado a todos", publicou.

Atlético-MG