PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Teto salarial barra atacantes e Athletico aposta na base para Libertadores

Vitinho comemora o gol da partida Athletico 1 x 0 Internacional pelo Campeonato Brasileiro 2019 - Gabriel Machado/AGIF
Vitinho comemora o gol da partida Athletico 1 x 0 Internacional pelo Campeonato Brasileiro 2019 Imagem: Gabriel Machado/AGIF

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

26/02/2020 16h53

Bissoli, Pedrinho e Vitinho: estes deverão serem os atacantes do Athletico, ao lado de Nikão e Carlos Eduardo, na lista de inscritos da Libertadores 2020, a ser entregue na próxima sexta, 28. Salvo algum acordo de última hora, o Athletico não deverá apresentar reforços para o ataque por conta do teto salarial do clube.

Nomes como Uribe (Santos) e André (Gremio), que não tem aproveitamento em seus clubes atuais, chegaram a negociar com o Athletico, mas a pedida ficou acima do que o Furacão se dispõe a pagar para um jogador, aproximadamente R$ 200 mil. Uribe, por exemplo, tem vencimentos estimados em mais de duas vezes o teto atleticano. O Santos não aceitou cobrir a diferença.

O mesmo aconteceu com André: sem estar nos planos do Grêmio, o atacante chegou a ouvir uma proposta dentro do teto atleticano, mas não aceitou os termos. O jogador tem proposta do futebol do exterior. Além destes, Gustavo "Gustagol" também foi sondado, mas o Inter agiu mais rápido e com valores acima. O Athletico conversou com jogadores, clubes e empresários vasculhando termos com "mais de 20 nomes", apurou o UOL Esporte junto à uma fonte no clube.

Restando poucos dias para a entrega da lista e sem abrir o teto salarial, o Furacão vai apostar na base. Guilherme Bissoli (22 anos), Pedrinho (20) e Vitinho (20) deverão estar na lista a ser entregue na sexta. Bissoli tem sido titular com Dorival Júnior. Revelado no São Paulo, do qual saiu para assinar com o desconhecido Fernando de La Mora do Paraguai, Bissoli marcou três gols em cinco jogos pelo clube, incluindo dois amistosos.

Pedrinho tem sido destaque do time de aspirantes que disputa o Paranaense. Ele lidera a artilharia do Estadual com seis gols em seis jogos. Já Vitinho já está com mais rodagem entre o elenco principal e atuou em 22 jogos em 2019, entre Libertadores, Brasileirão e Copa do Brasil, tendo marcado gols contra Atlético-MG e Internacional.

Futebol