PUBLICIDADE
Topo

Gabriel Menino se coloca à disposição de Luxa para ser lateral no Palmeiras

Gabriel Menino atuou como lateral na vitória sobre o Guarani e ganhou pontos com Luxa - Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Gabriel Menino atuou como lateral na vitória sobre o Guarani e ganhou pontos com Luxa Imagem: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

25/02/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Gabriel Menino se colocou à disposição para atuar na lateral direita do Palmeiras.
  • Meio-campista de origem, o jovem jogou mais recuado na partida contra o Guarani, na semana passada.
  • Presença na lateral ocorreu após conversa com o técnico Vanderlei Luxemburgo.
  • Menino começou o Paulista como titular no meio, mas perdeu espaço com o retorno de Bruno Henrique e as atuações de Zé Rafael.
  • O Palmeiras sofre com as lesões na lateral direita: Marcos Rocha e Mayke estavam fora no último confronto.
Classificação e Jogos

Gabriel Menino começou o ano de 2020 em alta no Palmeiras. Alçado ao time titular nas duas primeiras rodadas do Paulista, o meio-campista perdeu espaço com o retorno de Bruno Henrique e, principalmente, com o sucesso de Zé Rafael na posição. Na última vitória, diante do Guarani, o jovem experimentou outra função e gostou: atuou na lateral direita da equipe alviverde após conversa com o técnico Vanderlei Luxemburgo.

Menino jogou na base como lateral em algumas oportunidades e apareceu na linha de defesa por pura necessidade. O Palmeiras perdeu Marcos Rocha e Mayke por lesão. Jean, outra possível opção, está completamente fora dos planos. Assim, Luxemburgo optou por dar mais uma chance ao atleta da base, mas agora em um setor improvisado.

Durante os 90 minutos, Gabriel Menino fez três desarmes, interceptou duas bolas e ainda se mostrou ativo no setor ofensivo, trocando 65 passes (92% de aproveitamento) e sete lançamentos longos (seis deles certos). Mesmo no improviso, a revelação de 19 anos se sentiu confortável ao ponto de se disponibilizar a continuar no posto.

"Eu me senti à vontade. Estou aproveitando a oportunidade. Em qualquer posição que ele [Luxemburgo] me colocar, eu vou jogar. Para mim, isso agrega na minha carreira e acho isso ótimo. Vou aproveitar a oportunidade, se precisar de mim vou jogar, independente de volante ou lateral, ele pode contar comigo", declarou Gabriel Menino, antes de detalhar como foi recuado para a lateral.

"Luxemburgo conversou comigo e já sabia que tinha jogado na base. Treinei bem na semana de lateral, aí ele me chamou para conversar e pediu para ir tranquilo, jogar solto. Os jogadores me deixam totalmente à vontade também", acrescentou o volante de origem.

Atuar fora da função pode ser benéfico para Gabriel Menino ter mais espaço dentro do elenco palmeirense. Com Bruno Henrique e Zé Rafael como titulares, o jovem ainda concorre com o também garoto Patrick de Paula e o veterano Ramires, fora no momento por lesão.

Gabriel Menino começou o Paulistão como titular no meio-campo do Palmeiras - Rebeca Reis/AGIF
Gabriel Menino começou o Paulistão como titular no meio-campo do Palmeiras
Imagem: Rebeca Reis/AGIF

Na lateral, contudo, o espaço agora está livre com os problemas físicos de Marcos Rocha e Mayke, os únicos disponíveis no elenco para a posição. Essa concorrência menor atrai Gabriel Menino, que admite, contudo, se sentir mais confortável com a função de origem.

"No meio tem muita gente, na lateral tem dois. Eu me sinto muito mais à vontade no meio do que na lateral, mas as coisas aconteceram rápido aqui, não esperava jogar como titular, só tenho que agradecer e seguir trabalhando", finalizou o volante e agora lateral direito do Palmeiras.

Gabriel Menino pode enfrentar nesta semana o primeiro grande teste na nova posição. No sábado, a partir das 16h (de Brasília), o Palmeiras encara o Santos, no Pacaembu. Provavelmente, a revelação palmeirense deve bater de frente com o venezuelano Soteldo, um dos destaques do futebol brasileiro desde a temporada passada.

Errata: o texto foi atualizado
Diferente do informado, a partida entre Santos e Palmeiras será no Pacaembu e não na Vila Belmiro. O erro foi corrigido.

Palmeiras