PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Palmeiras se blinda e está protegido sobre confusão de Rony no Japão

Divulgação
Imagem: Divulgação

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

22/02/2020 04h00

O Palmeiras está imune a qualquer pendência entre Rony, Athletico-PR e o Albirex NIigata, do Japão. Mesmo com a contratação do atacante pelos próximos cinco anos, o clube alviverde está juridicamente protegido de qualquer decisão da Fifa contrária ao interesse do jogador.

O clube alviverde está respaldado no âmbito jurídico e somente depois desta garantia tratou de avançar na negociação para contratar o atacante até dezembro de 2024.

Rony voltou ao Brasil para atuar pelo Athletico depois de obter uma liminar na Fifa, fruto de disputa jurídica com o Albirex Niigata, do Japão. A entidade máxima do futebol atendeu ao pedido do atacante sobre o contrato ser inconsistente.

Obrigado a liberar o atacante para o futebol brasileiro, o clube japonês entrou com uma ação na Fifa cobrando US$ 10 milhões do Athletico e do próprio atleta (quase R$ 44 milhões) pela quebra de contrato.

Os japoneses alegam que estabeleceram contrato até 2019 e que a cláusula para encerrar o compromisso era justamente os US$ 10 milhões. Athletico e Rony, por outro lado, não reconhecem este contrato e se sustentam com a liberação da Fifa ocorrida em 2018.

Toda esta disputa, entretanto, se restringe a clube japonês, Rony e Athletico. O Palmeiras se encontra em outro patamar de negociação e se blindou em relação a qualquer pendência jurídica antes de acertar com o segundo reforço para a temporada 2020.

Palmeiras