PUBLICIDADE
Topo

Defesa vira trunfo mesmo em esquema ofensivo de Fernando Diniz no São Paulo

Bruno Alves, zagueiro do São Paulo - Rubens Chiri/saopaulofc.net
Bruno Alves, zagueiro do São Paulo Imagem: Rubens Chiri/saopaulofc.net

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

22/02/2020 04h00

Classificação e Jogos

Os times de Fernando Diniz ficam marcados pelo toque de bola, pela criação de jogadas e pela busca do gol. No São Paulo, além dessas características e da dificuldade de se balançar as redes, um ponto que se destaca é a eficiência da defesa. Até a partida de hoje (21), a partir das 16h30, na Arena Barueri, contra o Oeste, o time foi vazado quatro vezes.

"O Fernando Diniz fala que a nossa primeira preocupação é defender. Ele diz que o time que defende bem é o que ganha jogos. O ataque tem ajudado bastante, reagindo quando perde a bola. E acredito que isso seja fundamental. O Diniz passa também muito treino de posicionamento dentro da área e de movimentação de facão adversário. Acredito que estamos evoluindo junto com ele. Tenho certeza que na hora que encaixar a defesa com o ataque, todos vão ter sucesso", disse o zagueiro Bruno Alves.

Na realidade, a eficiência do sistema defensivo do São Paulo já poderia ser notada no ano passado. O time terminou o Campeonato Brasileiro de 2019 com o menor número de gols sofridos em toda a competição (30 tentos em 38 partidas).

"A marcação começa na frente, assim como a construção vem de trás. O Diniz pede para todos ajudarem em todos os quesitos, tanto de marcação quanto de ataque. Ele cria uma série de movimentos para defendermos e atacarmos. Até o goleiro participando da criação de jogadas. Acredito que estamos no caminho certo para ter sucesso", completou Bruno Alves.

O desafio agora é tentar equilibrar a performance da defesa com o ataque. Em 2019, o time teve o seu pior rendimento na história (59 gol em 62 partidas). Nesta temporada, o desempenho do setor também está bem abaixo do esperado, com seis gols em seis duelos. Para esta partida, o time vive o impasse de poder ou não utilizar Antony.

O garoto, de 19 anos, foi negociado com Ajax, mas só poderá se transferir para o futebol europeu no segundo semestre. Para defender o Tricolor paulista neste período, é necessário que o clube holandês concretize a compra e o seguro seja efetivado.

FICHA TÉCNICA:
OESTE x SÃO PAULO

Data: 22 de fevereiro de 2020, sábado
Horário: 16h30 (de Brasília)
Local: Arena Barueri, em Barueri (SP)
Competição: Campeonato Paulista, 7ª rodada
Árbitro: Raphael Claus
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa

OESTE: Felipe Lacerda; Éder Sciola, Renan Fonseca, Lídio e Alyson; Wallace Bonilha, Mantuan, Matheus Oliveira, De Paula e Marlon ; Bruno Paraíba. Técnico: Renan Freitas

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê; Daniel Alves e Hernanes (Igor Gomes); Pablo (Antony), Pato e Vitor Bueno. Técnico: Ferrnando Diniz.

São Paulo