PUBLICIDADE
Topo

Yaya Touré reajusta pedida salarial por impostos, e Botafogo negocia

Yaya Touré aumentou pedida salarial na reunião desta sexta por conta dos altos impostos brasileiros - Reuters/Andrew Boyers
Yaya Touré aumentou pedida salarial na reunião desta sexta por conta dos altos impostos brasileiros Imagem: Reuters/Andrew Boyers

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

21/02/2020 18h28

A contratação de Yaya Touré estava encaminhada. Uma reunião nesta sexta-feira selaria o acordo, mas o marfinense pediu um aumento salarial por conta dos altos impostos brasileiros. O Botafogo, então passou a negociar com o atleta um meio termo, e as partes estão próximos de novo acordo.

Há expectativa que tudo será resolvido e a novela terminará com um final feliz. O fato é que alguns termos do contrato teriam que ser alterados e isso leva tempo. Existe a possibilidade da reunião varar a madrugada em Paris ou até mesmo ser reiniciada no sábado.

Fato é que ainda há o interesse nos dois lados e chegar a um acordo e tudo caminha para que isso seja resolvido da melhor maneira. O provável cenário é que tanto quanto Botafogo, quanto Yaya Touré tenham que ceder um pouco neste momento decisivo da negociação.

Houve um claro sentimento de frustração no Botafogo, que esperava ter fechado a contratação logo no início dessa sexta-feira. Após o baque, as conversas voltaram a evoluir e deverá ter desfecho positivo.

Inicialmente, Yaya receberia R$ 200 mil além de participação em vendas de produto que levem seu nome, algo similar ao que acontece com Keisuke Honda.

Botafogo