PUBLICIDADE
Topo

Flu renova com volante André, joia da base, até 2023; multa é de R$ 190 mi

Joia de Xerém, André renovou contrato com o Fluminense até 2023 - Mailson Santana/Fluminense FC
Joia de Xerém, André renovou contrato com o Fluminense até 2023 Imagem: Mailson Santana/Fluminense FC

Caio Blois

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

21/02/2020 16h58

O volante André renovou seu contrato com o Fluminense até o final de 2023. Considerado uma joia em Xerém, o jovem de Algodão, na Bahia, se destacou no sub-20 e agora integra a equipe de aspirantes do clube. Aos 18 anos, ele foi capitão em todas as categorias e foi o melhor jogador do Tricolor na Copa São Paulo de 2020.

"Muito feliz com a renovação de contrato com o Fluminense. O clube sempre me acolheu de uma forma muito boa durante os sete anos que já estou aqui. É sempre uma honra e um prazer vestir essa camisa e espero ainda poder ficar bastante tempo para conquistar coisas boas. Me sinto em casa e espero retribuir toda essa confiança com muito empenho e dedicação em campo", disse André.

O contrato anterior do jovem ia até 2021. Agora, sua multa rescisória está estipulada em 40 milhões de euros (R$ 190 milhões). Espera-se que o atleta atue nos profissionais ainda em 2020.


O Flu descobriu André em um torneio em Salvador, em 2013. Naquela época, ele ainda era centroavante do Bahia. O jovem não fez feio naquele torneio: oito gols em sete jogos, chamando a atenção do Flu. Aos poucos, foi recuando, até chegar à posição de primeiro volante, onde mostra personalidade: é o dono do meio campo tricolor.

Com qualidade invejável, o jovem de 18 anos e 1,80m foi convocado duas vezes por André Jardine para a seleção sub-20, depois de também ser convocado no sub-15 e no sub-17.

Fluminense