PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV


Tudo é culpa da arbitragem para o time brasileiro, diz André Rizek

André Rizek durante o programa "Seleção SporTV" - Reprodução/SporTV
André Rizek durante o programa "Seleção SporTV" Imagem: Reprodução/SporTV

Colaboração para o UOL, em São Paulo

20/02/2020 16h08

Aproveitando as reclamações rubro-negras no empate entre Flamengo e Independiente Del Valle, por 2 a 2, pelo primeiro jogo da Recopa Sul-Americana, o apresentador André Rizek questionou a postura dos times brasileiros em relação à arbitragem.

Elogiando, durante o Seleção SporTV, o desempenho do atual campeão da Sul-Americana, em casa, contra o campeão da Libertadores, o jornalista defendeu que o jogo deve se sobrepor à arbitragem.

"O mais importante é o jogo. No Brasil, a gente debate mais a arbitragem do que o jogo. Tudo é culpa da arbitragem para o time brasileiro. Nunca é culpa do time brasileiro. É sempre o juiz. O Corinthians caiu (na fase preliminar da Libertadores) porque o juiz roubou, o Flamengo empatou porque o juiz roubou. Nunca é o time. É sempre culpa do juiz", criticou Rizek, que seguiu:

"Esse Del Valle é uma lição para muito time brasileiro. Quando o técnico do seu time falar que não joga para frente por conta de orçamento, pergunta para ele: E o Del Valle? E o Del Valle, cujo orçamento é de Série B no Brasil e, no ano passado, colocou o Corinthians na roda em Itaquera? E recebe o melhor time da América e joga de igual para igual?".

Outro a destacar a atuação do Del Valle no jogo de ontem foi Lédio Carmona. Presente no programa de hoje, o comentarista elegeu a partida como a melhor da última quarta-feira.

"Poderíamos gastar alguns minutos para falar como é bom esse time do Del Valle: bem treinado, joga na bola, limpo, jogo inteligente, ofensivo respeitou o Flamengo sem se apequenar, foi para cima, marca e deixa o adversário jogar... Foi o melhor jogo da noite disparado", disse.

Além de um gol anulado, marcado por Bruno Henrique, os rubro-negros questionam a marcação de um pênalti para os equatorianos na reta final do segundo tempo.

UOL Esporte vê TV