PUBLICIDADE
Topo

B. Henrique se machuca em gol, deixa estádio de ambulância e preocupa Fla

Do UOL, em São Paulo

20/02/2020 00h10Atualizada em 20/02/2020 01h32

Classificação e Jogos

O Flamengo empatou por 2 a 2 com o Independiente Del Valle na noite de hoje (19), em Quito, na partida de ida da Recopa Sul-Americana. O jogo foi marcado por um lance que tirou o atacante Bruno Henrique de campo aos 21 minutos do segundo tempo e causou muita preocupação no clube rubro-negro. Cerca de uma hora depois do término do duelo, porém, o departamento médico do clube disse que não houve lesão.

"O atleta Bruno Henrique sofreu um trauma na perna direita. Exames não constataram fratura no local", afirmou o Flamengo em nota.

Quando a partida estava 1 a 0 para os equatorianos, Bruno Henrique colocou a bola na frente, venceu a marcação do Independiente Del Valle e igualou o marcador. No lance, o atacante se chocou com o goleiro, permaneceu no chão e foi retirado de maca do campo.

De acordo com informação da repórter Mariana Fontes, da "DAZN", que acompanhou a final do Estádio Olímpico de Atahualpa, em Quito (EQU), o camisa 27 deixou o estádio de ambulância para realizar exames.

Em uma primeira nota, o clube divulgou que o atacante sofreu um trauma na perna direita. "O atleta Bruno Henrique sofreu um trauma na perna direita e seguiu para o hospital; Rodrigo Caio sentiu dores no adutor esquerdo. Será reavaliado na reapresentação, no CT", afirmou.

A cena de dor de Bruno Henrique, na hora do gol, causou preocupação no banco de reservas, que virou um misto de comemoração e apreensão. O jogador foi substituído por Pedro, aos 23 minutos da etapa final.

O Independiente del Valle abriu o placar no primeiro tempo, com Murillo, de falta. Na etapa final, Bruno Henrique empatou. Pedro virou para o time rubro-negro, mas Pellerano empatou ao converter um pênalti nos minutos finais.

Ainda no primeiro tempo, Bruno Henrique foi protagonista de um lance polêmico. Ele recebeu em velocidade, driblou o goleiro e balançou as redes, mas o VAR anulou por impedimento. A posição do atleta no momento em que foi lançado gerou debate.

Com o resultado no Equador, o Flamengo joga por uma vitória simples para levantar o título da Recopa na próxima quarta-feira (26), às 21h30, no Maracanã.

Flamengo