PUBLICIDADE
Topo

Santos desfalca Athletico-PR na Libertadores e fica indisponível para Tite

Santos, do Athletico Paranaense, em entrevista coletiva na seleção brasileira no ano passado - Pedro Martins/Mowa Press
Santos, do Athletico Paranaense, em entrevista coletiva na seleção brasileira no ano passado Imagem: Pedro Martins/Mowa Press

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL, em São Paulo

19/02/2020 09h11

O Athletico Paranaense anunciou ontem (18) que o goleiro Santos passará por uma artroscopia no joelho direito, procedimento que o tira de pelo menos três jogos da fase de grupos da Libertadores, contra Peñarol (03/03), Colo-Colo (11/03) e Jorge Wilstermann (17/03). Além disso, o jogador ficará impossibilitado de servir a seleção brasileira contra Bolívia (26/03) e Peru (31/03), na abertura das Eliminatórias para a Copa 2022.

A previsão é do próprio Athletico, que prevê no mínimo quatro semanas de inatividade para Santos. Recentemente, o Furacão anunciou a contratação de Jandrei, ex-Chapecoense, que estava no Genoa, da Itália, por empréstimo.

De acordo com a nota do clube, Santos sentiu dores no joelho após a derrota para o Flamengo, pela Supercopa do Brasil, e identificou-se a necessidade de cirurgia em exames. Santos foi convocado por Tite para os últimos quatro amistosos da seleção.

Aos 29 anos, Santos chegou ao Furacão ainda na base, em 2008, e participou de cinco conquistas do clube: os Paranaenses de 2016 e 2018, a Copa Sul-Americana de 2018 e a Copa do Brasil de 2019, se destacando em decisões por pênaltis nas duas últimas.

Band Sports: Jorge Jesus treinaria a minha seleção brasileira, diz Massini

Band Sports

Athletico