PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Raja Casablanca sacrifica carneiro no próprio estádio para frear lesões

Equipe do Raja Casablanca durante treino - Reprodução / Twitter
Equipe do Raja Casablanca durante treino Imagem: Reprodução / Twitter

Do UOL, em São Paulo

18/02/2020 13h30

Visando interromper a série de lesões que os jogadores da equipe têm sofrido nesta temporada, vários dirigentes do Raja Casablanca, do Marrocos, sacrificaram um carneiro em uma cerimônia pública no próprio estádio. As informações são dos diários locais Assabah e le360 sport.ma.

Como uma espécie de ritual para proporcionar sorte ao elenco, o sacrifício aconteceu no último final de semana e a carne do animal foi dividida entre os funcionários do clube.

Desde o início da atual temporada, 12 jogadores do Raja Casablanca sofreram lesões que os tiraram de campo por longos períodos.

O Raja Casablanca, inclusive, não é um time estranho para os torcedores brasileiros. A equipe do Marrocos foi responsável pela eliminação do Atlético-MG, que na época contava com Ronaldinho Gaúcho, na semifinal do Mundial de Clubes de 2013.

Os jornais marroquinos ainda lembraram que, em 2006, a direção do Raja Casablanca também teria sacrificado um bezerro no mesmo estádio para trazer boa sorte.

Futebol