PUBLICIDADE
Topo

"Me dá nojo", diz namorada de jogadora do Galo sobre postura de mascote

Atitude de mascote do Atlético-MG gerou repúdio em redes sociais - Reprodução
Atitude de mascote do Atlético-MG gerou repúdio em redes sociais Imagem: Reprodução

Beatriz Cesarini

Do UOL, em São Paulo

17/02/2020 18h07Atualizada em 17/02/2020 18h17

O episódio envolvendo a mascote do Atlético-MG e a jogadora da equipe feminina do clube, Vitória Calhau, foi alvo de críticas da namorada da atleta, a também jogadora Lorraynne Macedo, meia-atacante do Flamengo.

Na tarde de ontem, enquanto o elenco feminino era apresentado à torcida no Mineirão, durante a partida entre Galo e Caldense pelo Campeonato Mineiro, a mascote segurou a mão de Calhau e a fez girar. Ao ver a atleta exibir o corpo, saiu esfregando as mãos, gesto amplamente criticado nas redes sociais.

"A reação dele esfregando as mãos e passando a mão na boca me dá nojo. Já me incomodaria sendo uma pessoa que não conheço, mas me incomoda mais ainda sendo minha namorada, São atletas profissionais, Estão ali pela profissão, (para) serem reconhecidas como jogadoras, não por corpo ou beleza", escreveu Lorraynne no Twitter.

Em contato com o UOL Esporte, Lorrayne disse ter feito a postagem por ter se sentido incomodada com a postura da mascote do Atlético-MG. Ela, no entanto, elogiou o clube mineiro, dizendo acreditar ter se tratado de um fato isolado.

"A festa estava toda muito bonita, mas aquela brincadeira foi extremamente infeliz, e eu quis defender a Calhau e expor minha opinião sobre isso, não só pelo fato de ser minha namorada. Poderia ser qualquer outra atleta, somos profissionais e estamos ali para sermos reconhecidas pela modalidade. Mas quero deixar claro que em momento nenhum eu quis expôs o Atlético-MG, sei que o clube respeita muito o futebol feminino e trata a modalidade de forma séria, e acredito de verdade que esse foi um fato isolado".

Após o incidente, na manhã de hoje, o Atéltico-MG divulgou uma nota de repúdio e disse ter afastado o profissional que interpretava a mascote.

"Sobre o episódio ocorrido na tarde de ontem, envolvendo a atleta Vitória Calhau, o Atlético lamenta e repudia o comportamento do funcionário, que foi sumariamente afastado. Pedimos desculpas à atleta, às demais jogadoras e a todas as torcedoras e torcedores pelo lamentável ato", diz a nota.

Veja o momento em que mascote expõe jogadora

UOL Esporte

Ouça o podcast Posse de Bola, a mesa redonda do UOL sobre futebol, com Arnaldo Ribeiro, Eduardo Tironi, Juca Kfouri e Mauro Cezar Pereira.
Mais podcasts do UOL no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas.

Atlético-MG