PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Inter escolhe viagem mais longa para evitar atraso contra o Tolima-COL

Time de Eduardo Coudet vai jogar terceiro jogo decisivo com titulares em uma semana - Ricardo Duarte/Inter
Time de Eduardo Coudet vai jogar terceiro jogo decisivo com titulares em uma semana Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre (RS)

17/02/2020 12h00

Resumo da notícia

  • Inter enfrenta o Tolima na quarta-feira, pela fase três da Libertadores, em Ibagué
  • Delegação colorada viaja em voo fretado até Bogotá e na terça-feira completa deslocamento em ônibus
  • Viagem pelas estradas do interior da Colômbia é estimada em quatro horas e foi saída para evitar caos aéreo
Classificação e Jogos

O Internacional fará uma viagem mais demorada para encarar o Tolima-COL, pela fase três da Copa Libertadores. Conforme mostrou o UOL Esporte, o clube gaúcho tem preocupação com a logística de deslocamento aéreo até Ibagué e por isso fará o último trecho por via terrestre.

Tolima-COL e Inter se enfrentam na quarta-feira (19), às 21h30min (horário de Brasília). O jogo em Porto Alegre ocorre em 26 de fevereiro, quarta da semana seguinte, às 19h30min.

A diretoria do Internacional considerou os detalhes da longa viagem do Boca Juniors para encarar o Tolima, no ano passado, e preferiu não fazer todos os trechos em avião.

O regulamento da Conmebol prevê multa em caso de atraso da delegação visitante na chegada à cidade que recebe partida dos torneios sul-americanos. Além da sanção, existe preocupação com o desgaste físico do elenco.

O grupo de jogadores, comissão técnica e dirigentes embarcam em voo fretado no Rio Grande do Sul, fazem escala ainda em solo brasileiro e desembarcam em Bogotá na segunda-feira. Na terça pela manhã, a delegação segue até os confins da Colômbia de ônibus. A viagem pelas estradas colombianas é estimada em quatro horas.

Em 2019, o Boca não conseguiu teto no aeroporto de Ibagué e ficou voando entre Cali e Bogotá à espera de melhores condições climáticas e liberação da pista.

O detalhe logístico ganha mais importância pela sequência do Internacional. Eduardo Coudet usou titulares contra a Universidad de Chile e Grêmio, terça-feira e sábado, em Porto Alegre. Ou seja, a equipe considerada ideal vai atuar pela terceira vez seguida em uma semana com viagem longa no intervalo.

Futebol