PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV


Estou preparado para ser técnico da seleção brasileira, diz Luxemburgo

Luxemburgo no banco de reservas antes do duelo Palmeiras x Mirassol - Bruno Ulivieri/AGIF
Luxemburgo no banco de reservas antes do duelo Palmeiras x Mirassol Imagem: Bruno Ulivieri/AGIF

Colaboração para o UOL, em São Paulo

17/02/2020 12h16

Convidado do Mesa Redonda, programa da Gazeta, o técnico Vanderlei Luxemburgo, atualmente no Palmeiras, disse estar preparado para comandar a seleção brasileira. Recordando sua passagem pela amarelinha, o treinador afirmou que, apesar de não ter a seleção como meta atualmente, tem condições de assumir o cargo em uma eventual saída de Tite.

"Eu não direcionei agora para a Seleção Brasileira. Se eu estou preparado para ser técnico da Seleção Brasileira? Eu estou preparado. Não tenho nenhuma dúvida. Se acontecer amanhã de o Tite sair e vier um convite para ser técnico da seleção brasileira, eu sou um profissional preparado para isso. É diferente de quando você projeta chegar lá. Mas é claro que estou preparado. Se me convidarem, eu vou", disse o técnico do Palmeiras.

Luxa ainda lamentou sua saída conturbada da seleção em 2000. Campeão da Copa América de 1999, o treinador foi demitido após a queda do time olímpico nos Jogos de Sydney. Além disso, na época, Luxemburgo estava envolvido em um processo de sonegação fiscal.

"Eu projetei a minha ida para a seleção brasileira. Eu falei: 'Eu vou chegar à seleção brasileira'. Cheguei à seleção brasileira. Aí me arrancaram de lá por causa de uma CPI que eu não tinha nada a ver. Estava no lugar certo na hora errada, tanto que não provaram nada", disse.

Em sua quinta passagem pelo Palmeiras, Luxa tenta, nesta quinta-feira, às 21h30, sua segunda vitória no Allianz Parque, contra o Guarani, pela sétima rodada do Campeonato Paulista.

UOL Esporte vê TV