PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Jornal francês critica: Neymar extrapola ou pegam no pé? Blogueiros opinam

Neymar e a modelo Alessandra Ambrosio posam juntos em evento de moda na Alemanha - Reprodução/Instagram/alessandraambrosio
Neymar e a modelo Alessandra Ambrosio posam juntos em evento de moda na Alemanha Imagem: Reprodução/Instagram/alessandraambrosio

Do UOL, em Santos (SP)

16/02/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Neymar compareceu a um evento de moda na Alemanha...
  • ... e foi criticado por um dos principais jornais da França
  • Brasileiro foi poupado dos últimos jogos por conta de lesão
  • Pegam no pé do Neymar? Ou ele extrapola? Blogueiros opinam
  • Rafael Reis: "problema é que sua imagem está desgastada"
  • "Nesse caso, eu não vejo exagero", analisa Perrone

Na última sexta-feira (14), o craque brasileiro Neymar voltou a estampar os noticiários por questões extracampo. O "Le Parisien", um dos principais diários da França, questionou a participação do jogador do PSG em um evento de moda na Alemanha.

O brasileiro foi poupado das últimas partidas do time parisiense por causa de uma lesão na costela e é dúvida para a primeira partida das oitavas de final da Liga dos Campeões contra o Borussia Dortmund, na próxima terça-feira (18).

"Se seu status de estrela do futebol e sua posição como craque global obviamente não o impedem de cumprir as obrigações contratuais, seu calendário de saídas é, no entanto, debatido, pois o momento parece mais uma vez inadequado para esse tipo de evento", analisou o jornal.

As críticas a Neymar por questões relacionadas a sua vida pessoal são recorrentes. Mas será que a culpa é do próprio jogador que extrapola? Ou pegam demais no pé do atacante? Fizemos essa pergunta aos blogueiros do UOL Esporte. Veja o que eles pensam:

BOLÍVIA

As duas coisas. Ele já extrapolou muito. E por isso, mesmo quando não faz nada de outro mundo, é criticado.

Leia o blog do Bolívia.

JUCA KFOURI

Extrapola. E pegam no pé.

Leia o blog do Juca.

JULIO GOMES

Neymar extrapola. Não consegue entender que ser profissional do futebol passa (muito) pela postura fora do campo.

Leia o blog do Julio Gomes.

MARCEL RIZZO

No caso específico do evento de moda, Neymar provavelmente estava lá por acordos comerciais. Tem que se pegar no pé dele por exagero em festas enquanto se recupera de lesão, o que atrapalha. Eventos como esse fazem parte da rotina de jogadores globais e há exagero em criticar. Apesar de que aquele velho ditado encaixa aqui: "quem faz a fama, deita na cama".

Leia o blog do Marcel Rizzo.

PERRONE

Claro que um cara na posição dele vai ser sempre cobrado, sempre será notícia. Cabe a Neymar ter bom senso, dosar suas aparições, mas sem sacrificar demais sua diversão. Acho que às vezes ele exagera, porém, nesse caso, não vejo exagero.

Leia o blog do Perrone.

RAFAEL REIS

Os dois. Neymar sempre teve uma vida social intensa, com muitas festas e compromissos publicitários. Também nunca fez questão de esconder isso e nem de se privar da badalação, mesmo nos momentos em que as coisas nos gramados não iam muito bem. Por isso, ficou com uma fama extremamente negativa de ser alguém que se importa mais com a diversão do que com sua profissão. Mas isso não é verdade. Neymar badala menos que Ronaldinho Gaúcho e Romário, só para citar dois exemplos de históricos bons-vivants da bola. O problema é que sua imagem está desgastada demais e, por isso, não aguenta mais nenhum deslize. Essa é a razão pela qual a imprensa e os torcedores pegam tanto no seu pé, sobretudo às vésperas de um jogo tão importante, como as oitavas de final da Champions.

Leia o blog do Rafael Reis.

RENATO MAURÍCIO PRADO

Contundido e às vésperas de um jogo importantíssimo pela Liga dos Campeões, é evidente que viagens e compromissos fora do país que implicam em viagens e nunca se encerram em poucas horas não são desejáveis. Ainda mais quando já houve o precedente da estrondosa festa de aniversário, também após a contusão. Neymar, infelizmente, não prima, nem nunca primou pela excelência em termos de comportamento profissional. Basta lembrar a vinda para o carnaval, igualmente em processo de recuperação. Enfim, esse é o combo Neymar. Genial, dentro de campo, um tanto quanto irresponsável fora dele. Assim sendo, não pode reclamar das críticas.

Leia o blog do Renato Maurício Prado.

Futebol