PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Organizada do SPFC descarta recepção para evitar polêmica com Corinthians

Ônibus do elenco do Corinthians em chegada ao Morumbi para o jogo contra o São Paulo - Simon Plestenjak/UOL
Ônibus do elenco do Corinthians em chegada ao Morumbi para o jogo contra o São Paulo Imagem: Simon Plestenjak/UOL

José Eduardo Martins e Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo

15/02/2020 04h00

Já é tradição em partidas do São Paulo no Morumbi que a torcida promova uma festa para receber a equipe. Desta vez, porém, o principal organizada tricolor, a Independente, não vai ficar na Praça Roberto Gomes Pedrosa para esperar o ônibus do time que vai enfrentar o Corinthians, a partir das 19h de hoje (15). Por se tratar de um clássico, existia o temor de o veículo que transporta os arquirrivais fosse vandalizado.

Em outras ocasiões, o ônibus da delegação adversária foi alvo de pedras. Por isso, no ano passado, antes da final do Campeonato Paulista, o presidente corintiano, Andrés Sanchez, enviou um ofício à Polícia Militar para dizer que a equipe alvinegra não entraria em campo caso o veículo do clube fosse vandalizado.

Para ironizar, chegou-se a especular a possibilidade de parte da torcida receber os corintianos com pétalas de rosa. Na época, tal situação gerou bastante polêmica, a segurança foi reforçada, sendo a região isolada, e a torcida do São Paulo não fez qualquer manifestação contra os rivais.

Ontem (14), foi realizada a reunião de representantes das organizadas com a Polícia Militar para discutir a segurança no clássico. A Independente disse que não iria promover a festa na porta do estádio antes do jogo para evitar polêmica. Tal conduta da torcida é adotada em clássicos contra o Palmeiras.

Mesmo sem se enfrentarem neste ano, São Paulo e Corinthians apareceram no noticiário por causa de brigas entre seus torcedores. No dia 9, tricolores e alvinegros se envolveram em uma confusão na estação Jardim São Paulo, da linha azul do metrô. No último fim de semana, o alvinegro jogou em Itaquera, contra a Inter de Limeira, enquanto o São Paulo foi a Santo André enfrentar os donos da casa. Por isso houve o encontro no metrô.

Hoje, será permitida apenas a entrada de torcedores do Tricolor no Morumbi — porque o mando de jogo é dos são-paulinos. Mesmo assim, o esquema de segurança deve ser reforçado para o confronto.

"A unidade realizou a reunião preparatória do evento, coletou as informações dos participantes e por meio do setor de inteligência estará monitorando a movimentação das torcidas. O trabalho especial da PMESP será realizado pela Coordenadoria Operacional da Polícia Militar com o emprego de efetivo do Comando de Policiamento da Capital e do Comando de Policiamento Metropolitano; O 2º Batalhão de Choque estará responsável pelo policiamento no entorno e interior do evento", comunicou a Polícia Militar.

FICHA TÉCNICA:
SÃO PAULO x CORINTHIANS

Data: 15 de fevereiro de 2020, sábado
Horário: 19 horas (de Brasília)
Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Competição: Campeonato Paulista, 6ª rodada
Árbitro: Douglas Marques das Flores
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Neuza Ines Back

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Juanfran, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves e Hernanes (Igor Gomes); Vítor Bueno, Antony e Alexandre Pato (Pablo). Técnico: Fernando Diniz.

CORINTHIANS: Cássio, Fagner, Pedro Henrique, Gil, Sidcley; Camacho, Cantillo, Luan, Pedrinho; Boselli e Vagner Love. Técnico: Tiago Nunes

São Paulo