PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Igor Gomes reclama de pênalti: "Poderia ter mudado a história do jogo"

Igor Gomes e Camacho no duelo entre São Paulo e Corinthians - Daniel Vorley/AGIF
Igor Gomes e Camacho no duelo entre São Paulo e Corinthians Imagem: Daniel Vorley/AGIF

Do UOL, em São Paulo

15/02/2020 21h20

Igor Gomes começou o clássico no banco de reservas, mas foi um dos protagonistas ao apito final do empate sem gols entre São Paulo e Corinthians, hoje, no Morumbi, pela sexta rodada do Campeonato Paulista. Nos instantes finais, em uma disputa de bola com Camacho, o meio-campista tricolor caiu no gramado dentro da área, gerando reclamações contra o juiz Douglas Marques das Flores, que não marcou pênalti.

"Para mim, foi penalti. Em nenhum momento eu vou visar o contato. Estou de frente para o gol, e meu objetivo é finalizar", explicou Igor Gomes, que fez sua primeira partida pelo São Paulo na temporada depois de ter defendido a seleção brasileira no Torneio Pré-Olímpico.

"Eles dizem que eu diminuí o passo para sofrer a falta. Mas se eu diminuí a velocidade foi para fazer a alavanca do chute, e ele veio nas minhas costas. Poderia ter mudado a história do jogo", complementou Igor, que entrou no lugar de Hernanes.

Do outro lado, Camacho afirmou que não cometeu falta no lance. Ele era o marcador que estava atrás de Igor Gomes na jogada que poderia ter sido decisiva no clássico. "Eu estava junto na jogada e acho que não foi nada", resumiu o meio-campista corintiano.

Com o empate sem gols, São Paulo e Corinthians ficam fora da zona de classificação para as quartas de final do Paulista. A equipe tricolor está com nove pontos no Grupo C, mesmo número de Inter de Limeira e Mirassol, mas inferior saldo de gols. O Corinthians tem oito pontos no Grupo D e está atrás de Guarani, com nove, e Bragantino, com oito.

Futebol