PUBLICIDADE
Topo

Ex-mulher de Jean posta novas fotos de agressão e diz que filhas a ajudaram

Milena Bemfica, ex-mulher Jean, publica novas fotos da briga com o goleiro - Reprodução/Instagram/milenabemficaofc
Milena Bemfica, ex-mulher Jean, publica novas fotos da briga com o goleiro Imagem: Reprodução/Instagram/milenabemficaofc

Do UOL, em São Paulo

14/02/2020 08h58Atualizada em 14/02/2020 16h27

Milena Bemfica, ex-mulher do goleiro Jean, publicou hoje nas redes sociais novas fotos da agressão sofrida no final do ano passado em briga com o ex-marido e afirmou que o atleta só parou de bater nela por que as filhas estavam presentes e pediram para que o pai parasse.

"Assuma sua culpa, mas sem mentir e manipular. As minhas filhas presenciaram tudo. Ele só parou porque elas entraram no meio. E eu não tropecei, ele puxou o meu cabelo e começou a me esmurrar. Viva sua vida com o peso de que você não era, mas se transformou em um monstro", escreveu Milena nos stories do Instagram.

Ela se manifestou na rede social pouco depois de Jean ter publicado um vídeo, também no Instagram, com o título "esclarecimentos sobre a minha separação". Na gravação, o goleiro diz que Milena tentou gravá-lo com um tablet. Ele afirma que não concordou e acabou agredido com uma chapinha ao tentar tirar o tablet da mão dela.

"Ela (Milena) saiu correndo para o banheiro, gritando 'help' ('ajuda', em inglês), tinha compras no chão, ela tropeçou e caiu na porta do banheiro. Corri e tentei pegar o tablet. Ela me agrediu de novo, eu reagi, tive outra reação, foi o momento que minhas filhas acordaram, aí eu deixei que ela fizesse o que quisesse, porque o que mais me doeu foram minhas filhas presenciando aquilo, chorando", declarou Jean.

A ex-mulher do goleiro, que após a denúncia de agressão teve seu contrato suspenso com o São Paulo e assinou com o Atlético-GO, também acusou o atleta de não pagar a pensão alimentícia para as três filhas.

Milena publicou imagens com o saldo de sua conta bancária e um diálogo que supostamente teve com o goleiro por WhatsApp pedindo para ele depositar a pensão.

"A Justiça determinou o valor, não eu. Se não pagar, será preso. Vim falar na mídia porque há uma semana o pai sumiu e a assistência dos livros que ele deveria dar, não deu, e minha mãe que comprou", disse Milena.

Mais cedo, Jean declarou que depositou o dinheiro para material escolar e matrícula. "Eu sempre mandei valores a mais que o juiz tinha determinado para não faltar para minhas filhas. Os valores de material, de colégio e de matrícula foram enviados para ela, conforme os comprovantes. Então, não entendo essas acusações", afirmou o goleiro no vídeo, antes de falar sobre a pensão.

"Ela pediu um valor de 30 salários mínimos, que eu não tenho condição de pagar. Ela alegou que eu ganhava um valor entre R$ 200 e R$ 250 mil, algo que eu não ganhava nem no São Paulo. No novo clube, está menos da metade do que eu ganhava no São Paulo. Eu fiz um agravo desse valor, porque não tenho condição de pagar."

O UOL entrou em contato com a defesa do goleiro para pedir um posicionamento sobre as acusações, mas não obteve retorno até a publicação deste texto.

Milena Bemfica desabafa sobre briga com goleiro Jean - Reprodução/Instagram/milenabemficaofc - Reprodução/Instagram/milenabemficaofc
Milena Bemfica desabafa sobre briga com goleiro Jean
Imagem: Reprodução/Instagram/milenabemficaofc

Traição e suposto diálogo com nova namorada

Milena também expôs nos stories supostos diálogos com Jean e a atual namorada do goleiro, a influencer Shay Victorio. Ela teria procurado a influencer para alertar sobre "mentiras" contadas pelo goleiro e para dizer que não tem mágoas.

No diálogo, mensagens atribuídas a Victorio dizem que a influencer e o goleiro se conheceram ainda quando ele estava casado com Milena. Posteriormente, começaram a se envolver quando Jean teria dito que estava em processo de divórcio e dormindo em quarto de hóspedes, o que Milena nega.

As mensagens também dizem que Victorio não se considera amante de Jean e que nem ela nem o goleiro quer guerra com a ex-mulher.

Relembre: Mulher de goleiro acusa jogador de agressão

UOL Esporte

Futebol