PUBLICIDADE
Topo

Ceni cita São Paulo e exalta Fortaleza: "Jogo bom contra um time argentino"

Rogério Ceni comanda o Fortaleza contra o Independiente pela Sul-Americana - Juan Mabromata/AFP
Rogério Ceni comanda o Fortaleza contra o Independiente pela Sul-Americana Imagem: Juan Mabromata/AFP

Do UOL, em Santos (SP)

14/02/2020 15h36

Resumo da notícia

  • Fortaleza perdeu por 1 a 0 para o Independiente na estreia da Sula
  • Apesar do revés, Ceni elogiou o desempenho do time na Argentina
  • "Poucas vezes, jogando com o SP, vi um jogo tão bom contra argentino"
Classificação e Jogos

Rogério Ceni 'cansou' de enfrentar argentinos enquanto goleiro no São Paulo. Na noite de ontem (13), contra o Independiente, pela Copa Sul-Americana, foi a vez de ele estrear contra os hermanos como treinador do Fortaleza, e, apesar da derrota por 1 a 0 em Avellaneda, ele fez questão de exaltar o desempenho do time diante dos anfitriões.

Em entrevista coletiva após o jogo, Rogério Ceni se disse orgulhoso da equipe e afirmou que, mesmo quando atuava como goleiro do São Paulo, poucas vezes viu seu time jogar tão bem contra argentinos.

"O Fortaleza fez uma belíssima partida. Pouquíssimas vezes, jogando com o São Paulo, eu vi um jogo tão bom contra um time argentino. Estou orgulhoso de meus jogadores. Tenho certeza de que deixaram o melhor, disse o treinador.

O técnico tricolor afirmou ainda que o resultado mais justo para a partida seria de 1 a 1, uma vez que o Fortaleza jogou de igual para igual com o Independiente e também criou chances claras para balançar as redes.

"Jogamos com posse de bola semelhante à do adversário e criamos mais. Jogamos contra um time acostumado. 1 a 1 seria mais justo e honesto. Agora temos mais 90 minutos", acrescentou.

O jogo de volta entre as equipes acontece no dia 27 de fevereiro, uma quinta-feira, no Castelão. Para avançar, o Fortaleza precisa bater os argentinos por dois gols de diferença. Caso vença por 1 a 0, a decisão vai para os pênaltis.

"A vaga está aberta. Tenho certeza que eles também pensam assim. [Derrota] Não é o ideal dentro do que planejávamos, mas quando o time ouvir a voz de 50 mil torcedores, teremos oportunidade de reverter resultado", disse.

"Em Fortaleza, os títulos do nosso adversário não vão caminhar junto do campo. Serão 11 contra 11, jogando a uma temperatura de 30 graus", completou.

Fortaleza