PUBLICIDADE
Topo

Sonhando com chances, Yuri Alberto volta da seleção em dilema por renovação

Yuri Alberto domina bola durante treino do Santos - Ivan Storti/Santos FC
Yuri Alberto domina bola durante treino do Santos Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

13/02/2020 04h00

O centroavante Yuri Alberto retornou ontem (12) aos treinamentos do Santos no CT Rei Pelé. Com apenas 18 anos, o atacante estava com a seleção brasileira sub-23 disputando o Pré-Olímpico da Colômbia, no qual o Brasil se classificou à Olimpíada de Tóquio. Agora, Yuri sonha com oportunidades no Peixe e terá meses decisivos, já que seu contrato com o clube vence em 31 de julho deste ano.

O jogador já pode assinar um pré-contrato e deixar o Peixe de graça, mas um fator pode fazer com que ele siga no clube: chances com o técnico Jesualdo Ferreira. As negociações, neste momento, estão paradas e o Peixe está pessimista pela renovação, pois sabe que o atleta tem ofertas da Europa.

Em entrevista exclusiva ao UOL Esporte, Yuri valorizou o período com a seleção e sonhou com mais oportunidades nesse retorno.

"Foi um período totalmente novo e de muito aprendizado na Seleção. Nosso time no Pré-Olímpico era muito bom, muito responsável. Tínhamos um ambiente incrível. Cresci muito nesse tempo. Agora, estou de volta ao Santos, com ainda mais experiência e com muito mais vontade de mostrar meu trabalho. Será um prazer atuar com o Jesualdo, com a nova comissão e com os jogadores que chegaram. Espero sim, poder estar em campo e mostrar o meu futebol neste retorno ao Santos", afirmou Yuri.

O santista foi uma das maiores surpresas da lista de André Jardine, mas o técnico da seleção justificou a convocação rasgando em elogios ao Menino da Vila. Yuri Alberto foi titular em dois jogos e agradeceu ao treinador pelas palavras.

"É um atleta que talvez seja a maior surpresa da lista para a imprensa, porque não vem jogando no profissional do Santos, mas é o capitão da nossa seleção sub-20. Dentre todos aqui, é o segundo com mais jogos pela seleção e sempre que vem aqui desempenha em altíssimo nível. Temos convicção do potencial que tem, independente do momento dentro do clube que talvez não seja o melhor, mas temos certeza que tem um futuro brilhante inclusive dentro da seleção. Fez por merecer, esteve aqui na última convocação e teve ótimo desempenho, se mostrou em uma forma espetacular e é um jogador que vai deixar uma ótima impressão para todos", afirmou Jardine em entrevista coletiva.

"Os elogios do Jardine na convocação para o Pré-Olímpico me trouxeram uma confiança, uma felicidade. Sempre trabalhei nos treinos do Santos, fiz horas de atividades extras, para que pudesse estar bem nas oportunidades que tivesse. No Santos, em 2019, não tive. Na seleção, sim. E todas aquelas palavras me fizeram acreditar que todo esse esforço será recompensado de alguma maneira."

Revelado pelo Peixe, Yuri subiu ao profissional no final de 2017, quando tinha apenas 16 anos, ao lado do companheiro de ataque na base, o atacante Rodrygo, hoje no Real Madrid. Apesar de somar dois anos completos entre os profissionais, Yuri entrou em campo apenas 22 vezes e marcou dois gols pelo Peixe.

Santos