PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Palmeiras manda representantes à Colômbia para tentar contratar lateral

Daniel Muñoz, lateral direito do Atlético Nacional, da Colômbia - Reprodução/Instagram/daniel.chitiva
Daniel Muñoz, lateral direito do Atlético Nacional, da Colômbia Imagem: Reprodução/Instagram/daniel.chitiva

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

13/02/2020 19h18

O Palmeiras enviou o diretor de futebol Anderson Barros e o advogado Leonardo Holanda à Colômbia para obter mais informações e tentar contratar o lateral direito Daniel Muñoz, do Atlético Nacional. A informação foi publicada pelo Globoesporte.com e confirmada pelo UOL Esporte com fontes ligadas ao clube.

O clube alviverde observa Muñoz, de 23 anos, desde a Florida Cup, em janeiro, quando enfrentou a equipe colombiana. O jogador impressionou o técnico Vanderlei Luxemburgo e a comissão técnica na ocasião, e desde então está no radar.

Internamente, o clube trata a negociação como difícil e não cria grande expectativa. Ainda assim, enviou a delegação para entender melhor as condições e tentar viabilizar um modelo de negócio que agrade ao Atlético Nacional.

A contratação de Muñoz é a prioridade da "missão" palmeirense na Colômbia, mas a questão relativa ao atacante Miguel Borja também deve ser discutida.

O Atlético Nacional cobra o pagamento de US$ 3 milhões (cerca de R$ 13 milhões) pelo centroavante, que está emprestado ao Junior de Barranquilla. O valor é relativo a um acordo feito pelo Palmeiras quando comprou o jogador, em 2017, referente aos 30% dos direitos econômicos que permaneceram com o time colombiano.

O time alviverde possui dois jogadores experientes na posição de Muñoz. O atual titular é Marcos Rocha, que ficou fora do treino de hoje por questão física. Mayke surge como a outra opção e deve atuar no domingo (16), diante do Mirassol, pelo Campeonato Paulista.

Palmeiras