PUBLICIDADE
Topo

Landim não vai novamente em CPI e Flamengo será representado por vice

Presidente do Flamengo Rodolfo Landim e vice Rodrigo Dunshee em missa em homenagem às vítimas do incêndio no Ninho do Urubu - Paula Reis / Flamengo
Presidente do Flamengo Rodolfo Landim e vice Rodrigo Dunshee em missa em homenagem às vítimas do incêndio no Ninho do Urubu Imagem: Paula Reis / Flamengo

Leo Burlá e Mauro Cezar Pereira

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP)

13/02/2020 14h15

O presidente Rodolfo Landim não irá novamente prestar esclarecimentos na CPI que apura, dentre outros casos, o incêndio no Ninho do Urubu, conforme o UOL publicou. O mandatário embarca ainda hoje (13) para Brasília, palco da final da Supercopa, e será substituído por Rodrigo Dunshee, vice geral e jurídico do Flamengo, na audiência de amanhã (14). Sua ausência foi acatada pelos parlamentares desde que uma autoridade do clube o representasse.

Na sessão ocorrida na semana passada, Landim não compareceu e foi determinado que ele fosse conduzido coercitivamente para esta nova rodada de depoimentos, o que não será necessário. Além dele, os deputados convocaram Alexandre Wrobel, ex-vice de Patrimônio, e Fred Luz, ex-CEO do clube. Dirigentes e representantes de empresas e entes públicos também integram a lista.

Na sexta passada, o Rubro-negro foi representado por advogados e pelo CEO Reinaldo Belotti. O ex-presidente Eduardo Bandeira de Mello também foi.

Um dia depois desta sessão, a tragédia que vitimou 10 jovens no Ninho do Urubu completou um ano. Familiares que não informaram previamente que desejavam prestar suas homenagens do lado de dentro do centro de treinamento foram impedidas de entrar no local.

O clube já tem acordo com as famílias de Gedinho, Athila, Vitor Isaias, e com o pai de Rykelmo. O Fla paga uma pensão mensal de R$ 10 mil para as famílias das vítimas.

Os convocados:

Rodolfo Landim
Light
Prefeitura
NHJ (empresa responsável pelos contêineres)
Fred Luz (ex- CEO do Flamengo)
Marcelo Helman
Wedson Cândido, pai do Pablo
Luis Felipe Pondé e Marcelo Sá (engenheiros do Flamengo)
Marcus Vinícius Medeiros (monitor do Flamengo)
Edson Colman da Silva (técnico em refrigeração)
Gilney Penna Bastos (vice-presidente de Patrimônio)
Jaime Correia da Silva (vice-presidente de Administração)
Alexandre Wrobel (ex-vice de Patrimônio)
Defensoria Pública

Flamengo