PUBLICIDADE
Topo

Botafogo quer Paulo Autuori para substituir Alberto Valentim

Paulo Autuori é a escolha do Botafogo para substituir Alberto Valentim, demitido no domingo - Ivan Storti/Santos FC
Paulo Autuori é a escolha do Botafogo para substituir Alberto Valentim, demitido no domingo Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

11/02/2020 00h23

Um dia após demitir Alberto Valentim, o Botafogo definiu seu alvo no mercado da bola. Trata-se de um velho conhecido da torcida. Paulo Autuori, campeão brasileiro pelo clube em 1995, foi o escolhido para comandar o time. Com 63 anos, o profissional está livre no mercado. A informação foi divulgada inicialmente pelo Canal do TF.

No Brasil, o último clube comandado por Autuori foi o Athletico-PR, onde chegou em 2016. Depois, passou ainda por Fluminense e Santos como dirigente. Fora do país, dirigiu o Ludogorets, da Bulgária, em 2018, e o Atlético Nacional, da Colômbia, em 2019.

O nome é o que mais empolgou o comitê de futebol, que recebeu inúmeras ofertas de treinadores disposto a encarar a missão de comandar o Botafogo. A diretoria, no entanto, tem conversado bastante internamente para chegar a um consenso. Rodrigo Santana havia sido sondado pelo clube.

Há uma clara ligação entre Carlos Augusto Montenegro e Paulo Autuori, que ficaram eternizados na história do Botafogo com o título brasileiro de 1995. Esse é um dos trunfos que serão usados pelo Alvinegro para convencer o profissional a aceitar o desafio.

Nome de Autuori desagrada torcida na web

Tão logo foi noticiado o interesse em Autuori, os torcedores do Botafogo foram para as redes sociais reclamar da escolha. Uma hashtag pedindo a desistência da contratação foi criada e os alvinegros aderiram em peso.

Botafogo