PUBLICIDADE
Topo

Renato abre semana de Gre-Nal pedindo paciência com medalhões do Grêmio

Diego Souza marcou o gol do Grêmio na derrota para o Aimoré, pelo Gauchão - Lucas Uebel/Grêmio
Diego Souza marcou o gol do Grêmio na derrota para o Aimoré, pelo Gauchão Imagem: Lucas Uebel/Grêmio

Do UOL, em Porto Alegre

10/02/2020 04h00

Classificação e Jogos

O Grêmio começa a pensar no clássico Gre-Nal antes do rival. Enquanto o Inter está focado na Libertadores, com jogo de volta da fase preliminar da competição contra a Universidad de Chile nesta terça, o Tricolor mira apenas a semifinal do primeiro turno do Gauchão. E Renato Gaúcho pede paciência com a dupla de medalhões contratados pelo clube.

Ambos jogaram mais alguns minutos na derrota por 2 a 1 para o Aimoré, domingo, em São Leopoldo. Diego Souza começou como titular e fez mais um gol. Thiago Neves entrou no decorrer da partida.

Pela falta de ritmo e adaptação, o treinador pediu paciência para avaliar o rendimento da dupla e justificou nisso a opção por não ter começado com ambos na equipe.

"Temos que considerar a falta de ritmo do Diego e do Thiago. Não adianta colocar, num calor desses, num campo desses, dois jogadores longe dos 100%. Optei pelo Diego porque ele joga mais perto da área, não teria que participar da correria do meio-campo. O Thiago, no segundo tempo, tentou ajudar", disse Renato Gaúcho.

Nas palavras do treinador fica evidente o pedido de paciência com a dupla experiente. Os dois têm 34 anos e passaram por um início de temporada longe do ideal, sem frequentar todo o período de preparação.

Aimoré x Grêmio

"É lógico que ainda estão longe do ideal. Por isso que não coloquei eles juntos. Falta ritmo de jogo, que vão pegar só jogando. De repente, se os dois jogassem, com 45 minutos sentiríamos a falta do desenvolvimento de jogo. O Diego foi contratado para fazer gols, já tem dois em dois jogos, e vai subir de produção. Assim como o Thiago. Mas é preciso ter calma", completou o treinador.

Corrigir para pegar o Inter

Enquanto isso, as atenções estarão focadas totalmente ao Internacional. Renato Gaúcho não gostou do que viu no primeiro turno do Gauchão e pretende corrigir as falhas do time azul, branco e preto o mais rápido possível.

"Vamos trabalhar a semana toda para corrigir o que erramos. Não vamos avaliar setor ofensivo, defensivo, meio-campo. Aqui é coletivo. Não fizemos uma boa partida, perdemos. Principalmente no primeiro tempo", completou Portaluppi.

Grêmio