PUBLICIDADE
Topo

Em 10 dias, Boschilia "cava" espaço no Inter e ameaça posto de Patrick

Gabriel Boschilia ganha espaço com boa atuação pelo Internacional - Ricardo Duarte/Inter
Gabriel Boschilia ganha espaço com boa atuação pelo Internacional Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

09/02/2020 04h00

Classificação e Jogos

Gabriel Boschilia tem 10 dias de Inter. Apresentado no fim de janeiro, ele ainda sofreu com a sequência de jogos e mal teve tempo de treinar. Mas o rendimento em campo já lhe confere chance real de virar titular no jogo da próxima terça, pela fase preliminar da Libertadores.

Sem qualquer adaptação ao país, o time ou os companheiros, ele estreou no dia primeiro de fevereiro, contra o Ypiranga, em Erechim, pelo Estadual. Lá pouco apareceu no jogo e não conseguiu se destacar.

Mas bastou outra chance, desta vez em casa, na vitória por 2 a 0 sobre o Novo Hamburgo, para que o rendimento se multiplicasse. Dos pés dele saíram as jogadas das duas vezes que Sarrafiore acertou a trave, e depois a assistência para o gol marcado por Heitor.

E não foram apenas estes os lances em que o ex-São Paulo, Monaco e Nantes brilhou. Dribles, conclusões de longe, passes, deslocamentos e até o cumprimento de funções defensivas arrancaram aplausos do técnico Eduardo Coudet.

"O Boschilia tem uma coisa a favor que é que ele vinha em atividade, com rodagem, jogando. É um jogador dinâmico que se adaptou rapidamente ao sistema de jogo. E vamos, não só com ele, mas necessitando cada vez mais de todos os jogadores. Vamos melhorar com o tempo e o resultado tem nos acompanhado, o que torna tudo mais fácil", disse o treinador.

O posto em jogo é o de Patrick. Como só foi utilizado aberto pela esquerda, este é o lugar em que o treinador argentino imagina para ele. A vaga de Lindoso, até agora, não foi ocupada pelo atleta, mas por Nonato, Johnny e D'Alessandro, além do próprio.

"Temos uma mudança na forma de jogar, treinar, trabalhar, precisamos de um período de adaptação. Sempre, nos clubes importantes, é difícil pedir paciência. Mas estamos encontrando a melhor maneira possível de jogar enquanto a direção trabalha para completar o plantel", completou Coudet.

O Internacional terá dois treinos até o jogo contra a Universidad de Chile. O deste domingo será regenerativo para Boschilia, ao lado dos atletas que atuaram na última rodada do primeiro turno do Estadual. Segunda-feira se definirá se ele começa ou não atuando diante dos chilenos.

O empate em 0 a 0 do duelo de ida deixa a eliminatória totalmente indefinida. Quem vencer leva a vaga para encarar o classificado no duelo entre Macará e Tolima. Um novo 0 a 0 leva a decisão para os pênaltis e igualdade com gols elimina o Colorado.

Internacional