PUBLICIDADE
Topo

Botafogo

Botafogo avança por demissão de Valentim e negocia rescisão com técnico

Thiago Ribeiro/AGIF
Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

09/02/2020 18h53

A diretoria do Botafogo está disposta a demitir o técnico Alberto Valentim. O movimento interno ganhou ainda mais força após a derrota para o Fluminense por 3 a 0 neste domingo (9), no clássico realizado no Maracanã.

A cúpula alvinegra avançou para tomar a decisão, que só não ocorreu oficialmente por conta de um entrave em relação à multa rescisória de aproximadamente R$ 1 milhão no contrato do treinador. As partes conversam em busca de um acordo que sele a saída de Valentim.

Numa última tentativa de diálogo, a diretoria do Botafogo busca convencer o treinador a pedir demissão em troca de um acordo para receber uma parte menor do valor - pouco menos de R$ 500 mil. Caso Alberto Valentim não tope, ele será demitido.

Valentim voltou ao Botafogo em outubro do ano passado, na reta final do Campeonato Brasileiro. Desde o início deste ano, porém, vem sendo alvo de constantes protestos da torcida, que demonstrava insatisfação com os resultados obtidos pelo time.

Esta é a segunda passagem do treinador por General Severiano, tendo sete vitórias em 17 partidas. Ele já havia trabalho no Botafogo em 2018, quando conquistou o Campeonato Carioca e saiu com 11 triunfos em 25 partidas. À época, Valentim pediu para sair após receber uma proposta do Pyramids FC, do Egito.

Botafogo