PUBLICIDADE
Topo

Fernando Pacheco tira documentos, e Flu corre para inscrevê-lo no Carioca

Fernando Pacheco tirou documentos, e Flu aguarda Sporting Cristal para inscrevê-lo - Mailson Santana/Fluminense FC
Fernando Pacheco tirou documentos, e Flu aguarda Sporting Cristal para inscrevê-lo Imagem: Mailson Santana/Fluminense FC

Caio Blois

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

06/02/2020 04h00

Classificação e Jogos

O Fluminense corre contra o tempo para ter os atacantes Wellington Silva e Fernando Pacheco ainda na Taça Guanabara. Para conseguir inscrever a dupla, entretanto, o Tricolor está nas mãos de Internacional e Sporting Cristal (PER). Internamente, o clube está esperançoso em concluir a operação, e já deu passo importante para ter o peruano, que já tirou carteira de trabalho e visto para estrangeiro.

Os casos são distintos. O de Wellington, em tese, é mais simples. Basta o Internacional publicar sua rescisão para que o jogador possa ser inscrito, mesmo que ainda não esteja regularizado. Seu contrato com o Flu será modificado, mas como ainda possui vínculo, a questão burocrática contratual dificilmente será um problema. Mas de todo jeito, o Fluminense depende da agilidade do Colorado.

O Tricolor está resguardado, já que o Boletim Informativo de Registro de Atletas (Bira) da Ferj permite que os jogadores sejam inscritos mesmo com algumas pendências, que são sanadas com a regularização no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. O atacante de 20 anos já obteve sua documentação e agora depende apenas do trâmite de transferência internacional.

Nesta manhã (6), o Fluminense entrará em contato com o Sporting Cristal (PER) e a Federação Peruana de Futebol (FPF) para tentar agilizar a troca de documentos. Caso não haja percalços, o Tricolor conseguirá inscrevê-lo.

Se estiverem inscritos, Wellington Silva e Fernando Pacheco já devem estar à disposição para o clássico contra o Botafogo, já que realizaram pré-temporada com Internacional e a seleção olímpica do Peru. Os dois podem dar outra dinâmica ao time de Odair Hellmann, que sofreu com baixas no ataque e atuou sem atacantes de ofício contra o Flamengo e o Unión La Calera (CHI). No jogo contra os chilenos, inclusive, Pacheco esteve no Maracanã.

Fernando Pacheco - Reprodução/Twitter - Reprodução/Twitter
Imagem: Reprodução/Twitter


Além deles, Evanílson e Marcos Paulo também devem atuar para pegar mais ritmo de jogo. Odair ainda não definiu se a dupla começa jogando. O camisa 9 ficou um pouco grogue após pancada na cabeça, mas foi liberado pelos médicos e está bem.

Como o jogo contra o Moto Club pela Copa do Brasil foi adiado da próxima quarta-feira (12) para o dia 26/02, o Fluminense terá uma semana livre entre o clássico Vovô e o jogo da volta na Copa Sul-Americana, contra o Unión La Calera, no Chile. O tempo é considerado suficiente para dar tempo e treinamento à dupla de ataque titular e a outros jogadores que ainda não estrearam, como Ganso e Caio Paulista.

Fluminense