PUBLICIDADE
Topo

Bahia volta a cair na 1ª fase da Copa do Brasil após 12 anos: "decepção"

Felipe Oliveira/EC Bahia
Imagem: Felipe Oliveira/EC Bahia

Do UOL, em Santos (SP)

06/02/2020 12h28

Classificação e Jogos

O Bahia decepcionou seu torcedor na última quarta-feira (5) e acabou eliminado da Copa do Brasil, ainda na primeira fase, após ser derrotado por 1 a 0 pelo River-PI, em jogo disputado no estádio Albertão, em Teresina (PI). O gol da vitória do time da casa saiu já aos 42min do segundo tempo.

O time tricolor não era eliminado na primeira fase da Copa do Brasil desde 2008, quando caiu para o Icasa-CE após derrota por 3 a 2 no jogo de ida, em Juazeiro do Norte (CE), e empate por 2 a 2 no duelo de volta, no Joia da Princesa. Na época, a equipe era comandada por Paulo Comelli.

Em entrevista coletiva pós-jogo, o técnico Roger Machado usou as palavras 'decepção e tristeza' para resumir o sentimento pela eliminação precoce.

"Tom de decepção e de tristeza assim como todo o nosso torcedor. O futebol ele não é injusto, nós criamos mais chances na partida, mas quem fez o gol foi o nosso adversário no final do segundo tempo. Sair na primeira fase nos entristece muito e, a partir de agora, a gente sabe que a pressão aumenta muito, no fim de semana temos o Ba-Vi. Com esse insucesso, tendo a vantagem onde não conseguimos transformar a boa atuação nos gols que precisávamos, fica a frustração de estar fora da Copa do Brasil na primeira fase. Agora é refletir, ser mais forte do que nunca, para continuidade do trabalho", disse o treinador tricolor.

Roger Machado aproveitou ainda para assumir a culpa pela derrota e, assim, deixar os jogadores mais tranquilos para seguir de cabeça erguida na sequência da temporada.

"O peso da derrota é grande e, mais do que a derrota, a desclassificação. Ficar fora desse torneio onde o clube projetava muito. Idealizava muito assim como foi nos outros anos, uma queda precoce nos entristece, decepciona, decepciona o nosso torcedor e agora nós temos que encarar as consequências dessa eliminação. Temos que nos reerguer, não apontar os responsáveis porque o maior responsável é o comando, o treinador. A minha responsabilidade eu assumo toda para que os atletas possam trabalhar. Esse momento é de reflexão e tristeza pela eliminação na Copa do Brasil", completou.

O time principal do Bahia agora volta a campo no próximo sábado (8) para encarar o arquirrival Vitória, pela Copa do Nordeste, na Fonte Nova.

Bahia