PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Eduardo Coudet explica meio-campo "defensivo" e pede tempo no Inter

Eduardo Coudet, técnico do Inter, explicou suas opções e pediu tempo de trabalho - Ricardo Duarte/Inter
Eduardo Coudet, técnico do Inter, explicou suas opções e pediu tempo de trabalho Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Do UOL, em Porto Alegre

04/02/2020 20h52

Eduardo Coudet explicou a utilização de quatro jogadores de características defensivas no meio-campo do Inter. Após o empate em 0 a 0 com a Universidad de Chile, hoje (04), em jogo de ida da fase preliminar da Libertadores, o treinador referiu a falta de opções ofensivas e disse que precisa de tempo para trabalhar a equipe.

"Estamos num processo onde há grandes mudanças. Eu vi todos os jogos do Inter no ano passado, e não digo que formas são melhores ou piores, mas são diferentes. O Inter era um time que esperava com pressão baixa e saia em busca do espaço. Hoje o Inter joga com linha adiantada. Estamos construindo e com jogadores que vão chegando", disse o treinador.

Eduardo Coudet tem por meio-campo titular hoje o quarteto formado por Musto, Lindoso, Edenilson e Patrick. Todos são jogadores de vocação ofensiva e se projetaram atuando como volantes.

"Tentamos completar algumas necessidades que temos. Quero ganhar todos os jogos. O Patrick tem vocação ofensiva, o Edenilson tem vocação ofensiva, e às vezes jogamos com dois volantes para poder lançar ao ataque os laterais. Muitas vezes os times se fecham e os lados são os caminhos do jogo", explicou Coudet.

Ainda assim, o técnico vê evolução em seu trabalho. Com menos de um mês no comando do time, ele acredita que ainda exista espaço para melhorar.

"Estamos melhorando. Hoje não me distancio da magnitude do jogo, de vir ao Chile, jogar contra um time grande, com ambições. O Inter foi protagonista, teve o domínio, situações de gol. Creio que até mesmo antes da expulsão merecíamos um pouco mais. Mas vamos crescendo, jogadores vão chegando, vamos nos adaptando e aproveitando a todos, dos mais jovens aos mais experientes", comentou.

Com empate em 0 a 0, o Colorado precisa de uma vitória em casa, no próximo dia 11, para avançar na pré-Libertadores. Empate com gols dá La U, que também avança, obviamente, se vencer. Empate sem gols leva a decisão para os pênaltis.

Internacional