PUBLICIDADE
Topo

Quinteto de reforços estreia junto no Cruzeiro e ganha aprovação de Adilson

Filipe Machado, Jhonata Robert e Roberson estrearam juntos e receberam elogios do comandante celeste - Fernando Priamo/Light Press/Cruzeiro
Filipe Machado, Jhonata Robert e Roberson estrearam juntos e receberam elogios do comandante celeste Imagem: Fernando Priamo/Light Press/Cruzeiro

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

03/02/2020 18h00

Adilson Batista fez mudanças ousadas no último final de semana, mas aprovou a atuação do Cruzeiro na vitória por 4 a 2 diante do Tupynambás, em Juiz de Fora. O técnico celeste promoveu todos os cinco reforços ao campo de jogo e elogiou a postura dos recém-chegados. Destaque para Jhonata Robert, autor de um gol, e Roberson, com uma assistência.

Dos cinco contratados de 2020, Filipe Machado é que o parecia estrear com o pé esquerdo. Na tentativa de dominar o lançamento adversário, o volante acabou falhando no lance que gerou o segundo gol dos anfitriões. Depois do vacilo, mostrou equilíbrio emocional para virar um dos destaques no quesito posse de bola e passes bem executados. Melhor que cometer poucos erros foi verticalizar suas ações, distribuindo para seus companheiros de frente, diferente dos primeiros jogos do Cruzeiro em que os passes laterais chamaram mais atenção.

"É o que vocês vão ver. É o primeiro jogo dele. Errou, mas teve personalidade, é um menino que encaixa, que acerta, que vai buscar, tem inteligência, visão de jogo e ótimo lançamento. Encontra as linhas de passe, é uma grata surpresa que o Cruzeiro adquiriu", elogiou Adilson Batista.

Fernando Priamo/Light Press/Cruzeiro
Imagem: Fernando Priamo/Light Press/Cruzeiro

Postulante à vaga deixada por Egídio na lateral esquerda, João Lucas fez uma partida discreta, mas sem cometer erros. Aos 28 anos, deu mais experiência no setor que também pode ser ocupado por Rafael Santos, seu concorrente de 21 anos. Não comprometeu na defesa e ainda encontrou Roberson em boa condição dentro da área. No ataque, Everton Felipe estava há quase cinco meses sem jogar e tinha planos de ficar somente um tempo em campo. Permaneceu até os 44 do segundo tempo, e chamou atenção com jogadas individuais e passes, seja pela ponta ou no ataque.

Referência dentro da área, Roberson já chegou ao Cruzeiro pressionado por causa dos poucos gols na carreira. Desta vez, o atacante passou em branco, mas contribuiu de forma efetiva. Além de carimbar a trave, o veterano de 30 anos saiu da área e fez uma ótima jogada para Mauricio virar a partida. Por último, Jhonata Robert mostrou que pode oferecer o que o clube procura há alguns meses: jogadas de mano a mano, intensidade e descidas rápidas pelos lados. Mostrou personalidade, apesar dos 20 anos, e foi presenteado no final com um gol de cabeça.

"Muito feliz pelo primeiro gol com a camisa do Cruzeiro. Que seja primeiro de muitos. Acho que na primeira etapa eu poderia ter ido melhor, mas no segundo tempo me soltei mais e consegui fazer um bom jogo e uma boa estreia. Espero que nossa temporada seja de grandes vitórias e conquistas com o principal objetivo que é colocar o Cruzeiro na serie A", falou o garoto de 20 anos.

Cruzeiro