PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Jorge Sampaoli recusa nova investida da seleção da Venezuela

Jorge Sampaoli trabalhou no Santos no decorrer da temporada passada. Ele está livre no mercado da bola - Bruno Ulivieri/AGIF
Jorge Sampaoli trabalhou no Santos no decorrer da temporada passada. Ele está livre no mercado da bola Imagem: Bruno Ulivieri/AGIF

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

03/02/2020 16h53

Jorge Sampaoli recusou nova oferta da Venezuela no mercado da bola. O técnico já havia dito não à seleção em 24 de janeiro passado e voltou a rejeitar uma proposta da equipe nacional na tarde de hoje (3).

Ele chegou a se reunir com a diretoria da Federação Venezuelana de Futebol (FVF), mas disse hoje à cúpula que não assumirá o cargo. O argentino era o nome predileto para a comissão técnica, que está sem um líder desde a ida de Rafael Dudamel para o Atlético-MG.

O UOL Esporte apurou com um membro do estafe de Sampaoli que a recusa à Venezuela ocorreu por causa do desejo do técnico de não comandar seleções neste momento. Ele passou por Chile e Argentina e deseja, neste momento, trabalhar em um clube, como ocorreu recentemente no Santos.

O argentino deixou o Santos em dezembro do ano passado. Neste período, ele recebeu propostas de Palmeiras e Atlético-MG. No entanto, recusou ambas as ofertas. Hoje, ele está na mira do futebol mexicano. O Cruz Azul é um dos interessados em contar com o comandante.

Futebol