PUBLICIDADE
Topo
Comprar ingresso
Comprar ingresso

Por que Janderson levou cartão e acabou expulso ao comemorar gol

Beatriz Cesarini

Do UOL, em São Paulo

02/02/2020 12h47

Classificação e Jogos

Na vitória do Corinthians por 2 a 0 sobre o Santos na manhã de hoje, o meia Janderson foi expulso da partida após ser advertido com o segundo cartão amarelo por comemorar o gol do Timão com os torcedores presentes na Arena. Apesar de controversa, a decisão do árbitro Luiz Flávio de Oliveira obedece a regra prevista no manual da Confederação Brasileira de Futebol.

O documento atualizado pela CBF anualmente prevê que as comemorações de gols dos atletas não podem ter descomedimentos. "Os jogadores podem comemorar os gols, mas as comemorações não podem ser excessivas", diz o livro "Regras do Futebol 2019/20".

O cartão amarelo sofrido por Janderson se encaixa no seguinte parágrafo do artigo sobre celebrações: "Um jogador pode ser advertido com cartão amarelo, inclusive se o gol for anulado, por subir nos equipamentos de proteção do campo e/ou se aproximar dos espectadores de modo que cause insegurança ou fira os princípios de segurança".

No momento da comemoração, Janderson ficou empolgado e aproximou da torcida do Corinthians e causou um alvoroço. Em imagens captadas pela transmissão do Premiere FC é possível notar uma criança no meio dos torcedores abraçados pelo meia.

"Infelizmente eu esqueci que estava com cartão amarelo. Na empolgação do gol, primeiro em gol em clássico, eu fui comemorar com a torcida e depois que fui perceber que tinha o amarelo. Mas meus companheiros falaram que eu poderia ficar tranquilo, que iam correr por mim", disse Janderson ao Premiere.

"É uma regra deles. Eu não tenho o que reclamar, estou errado. Sei que eu esqueci ali, mas agora é comemorar a vitória do clássico", acrescentou o meia.

De acordo com o comentarista de arbitragem da Globo, Sandro Meira Ricci, a Fifa também tem a regra, mas, na prática não recomenda.

Confira a regra da CBF, na íntegra:

Comemoração de gols

Os jogadores podem comemorar os gols, mas as comemorações não podem ser excessivas; as comemorações "coreográficas" não devem ser estimuladas e não podem causar perda de tempo excessiva. Deixar o campo de jogo para comemorar um gol não é uma infração passível de advertência com cartão amarelo, no entanto os jogadores devem regressar o mais
rapidamente possível.

Um jogador deve ser advertido com cartão amarelo, inclusive se o gol for anulado, por:

  • subir nos equipamentos de proteção do campo e/ou se aproximar dos espectadores de modo que cause insegurança ou fira os princípios de segurança;
  • fazer gestos ou praticar ações provocativas, debochadas ou inflamatórias;
  • cobrir a cabeça ou o rosto com máscara ou outro artigo semelhante;
  • tirar a camisa ou cobrir a cabeça com a camisa.

Corinthians