PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira

Brasil fecha universidade pública e faz primeiro treino secreto com Jardine

Treino da seleção em universidade pública foi aberto apenas para o aquecimento - Lucas Figueiredo/CBF
Treino da seleção em universidade pública foi aberto apenas para o aquecimento Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

Danilo Lavieri

Do UOL, em Bucaramanga (Colômbia)

02/02/2020 19h51

Classificação e Jogos

A seleção brasileira sub-23 fez o seu primeiro treino secreto durante toda a estadia na Colômbia para a disputa do Pré-Olímpico neste domingo (2). Em preparação para o jogo contra os donos da casa, marcado para amanhã (3), às 22h30, o técnico André Jardine não quis revelar o time e nem mesmo concedeu a tradicional entrevista que normalmente dá na véspera de um jogo.

Para conseguir privacidade, a seleção ainda conseguiu que a universidade pública ficasse fechada para a entrada do público por cerca de duas horas. O espaço conta com diversas quadras e campos de diferentes modalidades e é aberto para a população local. O campus será reaberto assim que a delegação terminar seu trabalho.

Ontem, no primeiro treino do Brasil em Bucaramanga, o local estava lotado de torcedores que batalharam por uma foto ou um autógrafo dos jogadores. Reinier, assim como já havia sido durante toda a preparação na Colômbia, foi um dos mais assediados.

O grande mistério ficará por conta do time que será mandado a campo por Jardine. Depois da vitória de virada contra o Paraguai comandada pelos reservas, o treinador disse que poderia alterar o time de acordo com o momento de cada atleta.

O setor que tem mais chances de sofrer alteração é a defesa. Um das alternativas seria a entrada de Bruno Fuchs no lugar de Robson Bambu.

O Brasil enfrenta a Colômbia amanhã às 22h30 e, depois, na quinta-feira, joga contra o Uruguai, a princípio, às 20h. O quadrangular final se encerra no domingo, com o clássico contra a Argentina. Os dois primeiros garantem a vaga em Tóquio-2020.

Seleção Brasileira