PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Classificados, Inter e Ypiranga fazem jogo morno e ficam no empate

Sarrafiore jogou até metade do segundo tempo em Erechim - Ricardo Duarte/SC Internacional
Sarrafiore jogou até metade do segundo tempo em Erechim Imagem: Ricardo Duarte/SC Internacional

Do UOL, em Porto Alegre

01/02/2020 20h52

Não houve gol em Internacional e Ypiranga, jogo disputado hoje (1º), em Erechim, pela quarta rodada do Campeonato Gaúcho. Os dois times entraram em campo classificados, fizeram um jogo morno e ficaram no 0 a 0.

A derrota do Juventude para o Pelotas, mais cedo, deixou Inter e Ypiranga confortáveis. O empate deixou ambos com dez pontos, e o Colorado lidera o grupo graças ao saldo de gols. Com reservas em razão da partida desta terça-feira (1º), contra a Universidad de Chile, pela Libertadores, o Colorado teve a estreia de Boschilia, mas pouco criou. O Ypiranga sofreu um pouco no primeiro tempo, cresceu no segundo, mas também não foi efetivo o suficiente.

Na última rodada da primeira fase do Gauchão, o Internacional encara o Novo Hamburgo no Beira-Rio, em jogo marcado para sábado. Já o Ypiranga terá pela frente o Juventude, domingo, em Caxias do Sul.

Foi bem: Saimon é soberano por cima

O zagueiro Saimon, formado na base do Grêmio, foi soberano nas bolas aéreas. O defensor do Ypiranga venceu disputas na defesa e no ataque e foi destaque do jogo.

Foi mal: Nonato não faz o jogo fluir

Nonato não conseguiu dar a fluência ao jogo que o novo modelo de jogo do Inter solicita. Demorando demais para tomar as decisões, o meio-campista freou as jogadas do time gaúcho.

Chegou, estreou: Boschilia joga pela primeira vez

Boschilia foi apresentado pelo Inter na quinta-feira, treinou com o time e já fez sua estreia. Egresso do Monaco, da França, atuou pela esquerda na linha de três armadores proposta por Eduardo Coudet. Em campo, foi discreto, mostrou boa capacidade de lançamentos, deu bons passes, levou amarelo e mostrou que ainda precisa de um melhor entrosamento com os colegas.

Ypiranga segura o Inter e assusta no contra-ataque

O Ypiranga, adaptado ao gramado, tratou de tirar os espaços do Inter. O time de Paulo Henrique Marques encontrou dificuldades para sair jogando e perdeu muitas vezes a bola no seu campo. Quando escapou da pressão do Colorado, a equipe local criou boas oportunidades e até assustou a meta de Marcelo Lomba. No segundo tempo, o Ypiranga criou chances, rondou a área e melhorou seu rendimento, assumindo o comando do jogo em algumas oportunidades.

Gramado tira velocidade, e Inter demora a encaixar

O campo mais alto do Colosso da Lagoa freou o estilo de jogo do Inter. As trocas de passes rápidos propostos pelo time de Porto Alegre tiveram ritmo menor com a grama alta em Erechim. Por isso, poucas chances surgiram no início do jogo. A principal delas foi desperdiçada por Marcos Guilherme, sem goleiro. A defesa do Inter seguiu falhando na bola aérea. O Ypiranga criou chances, e o jogo ficou aberto no segundo tempo. O Colorado teve sua atuação coletiva mais fraca desde o início do ano e não conseguiu ser superior ao rival.

Torcidas fazem coreografia com celulares

Ao cair da noite, torcedores de Inter e Ypiranga nos Colosso da Lagoa fizeram uma bonita festa. Com celulares ligados, realizaram uma coreografia utilizando as luzes dos mesmos enquanto o primeiro tempo era disputado.

FICHA TÉCNICA
YPIRANGA 0 X 0 INTERNACIONAL

Data: 1º/02/2020 (Sábado)
Local: estádio Colosso da Lagoa, em Erechim (RS)
Árbitro: Eder Zanella
Auxiliares: Michael Stanislau e Claiton Timm
Cartões amarelos: Heitor, Boschilia, Praxedes (INT); Saimon (YPI).

YPIRANGA
Deivity; Muriel, Saimon, Diogo Silva e Ávila; Henrique, Clayton, Zotti (Pedrinho) e Leilson (Tarik); Jean Silva e Neto Pessoa (Fernandinho). Técnico: Paulo Henrique Marques

INTERNACIONAL
Marcelo Lomba; Heitor, Pedro Henrique, Zé Gabriel e Uendel; Johnny, Nonato, Marcos Guilherme (Netto) e Boschilia (Guilherme Pato); Sarrafiore (Praxedes) e Thiago Galhardo. Técnico: Eduardo Coudet

Internacional