PUBLICIDADE
Topo

Torcida do Real provoca Simeone após vitória no clássico: "Fica, Cholo!"

Técnico Diego Simeone orienta o Atlético de Madri em jogo contra o Real Madrid no estádio Santiago Bernabéu - Gerard Julien/AFP Photo
Técnico Diego Simeone orienta o Atlético de Madri em jogo contra o Real Madrid no estádio Santiago Bernabéu Imagem: Gerard Julien/AFP Photo

Do UOL, em São Paulo

01/02/2020 16h18

Neste sábado, Diego Simeone viveu uma tarde difícil no Santiago Bernabéu. Para além da derrota do Atlético para o Real, por 1 a 0, no clássico de Madri, pelo Campeonato Espanhol, o técnico colchonero ainda teve de aguentar muitas provocações por parte da torcida merengue ao final da partida.

Em meio a rumores de uma possível saída do Atleti ao fim da atual temporada, o treinador argentino foi alvo de uma canção recheada de ironia vinda das arquibancadas: "Não se vá, Cholo (apelido de Simeone)! Fica, Cholo!", entoaram. Na coletiva pós-apito final, o ex-jogador disse não ter escutado as provocações.

Se analisado o histórico de Simeone no maior clássico da capital espanhola, o pedido dos torcedores merengues se justifica. O argentino comanda o time principal do Atlético de Madri desde dezembro de 2011 e, neste período, venceu apenas nove dos 33 confrontos oficiais diante do Real. Ademais, o Cholo soma 14 derrotas e 10 empates no clássico, incluindo duas eliminações e duas finais perdidas em Liga dos Campeões.

Apesar da bonita trajetória construída no Atleti, Simeone não tem futuro garantido no clube. O atual contrato tem duração prevista até junho de 2022, mas é possível que o treinador deixe o cargo ao fim da temporada.

No momento, os Colchoneros ocupam a quarta colocação do Espanhol, com 36 pontos ganhos, após 22 rodadas. Já na Liga dos Campeões, o páreo será duro nas oitavas de final. O adversário é ninguém menos que o Liverpool, atual campeão europeu, com duelo de ida marcado já para o próximo dia 18 de fevereiro.

Futebol