PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Com um a mais, PSG atropela Montpellier no Parque dos Príncipes

01.fev.2020 - Mbappé comemora gol do PSG com Neymar - Gonzalo Fuentes / Reuters
01.fev.2020 - Mbappé comemora gol do PSG com Neymar Imagem: Gonzalo Fuentes / Reuters

Do UOL, em São Paulo

01/02/2020 15h31

Gol anulado, expulsão, cartões e gol contra. A vitória do Paris Saint-Germain sobre o Montpellier por 5 a 0 teve de tudo um pouco. Sem Thiago Silva e Marquinhos, poupados pelo técnico Thomas Tuchell, a equipe da casa não teve dificuldades para manter seu amplo domínio em campo no Parque dos Príncipes.

Pablo Sarabia, Ángel Di Maria, Daniel Congré (contra), Mbappé e Layvin Kurzawa foram os responsáveis pela vitória que colocou o PSG 13 pontos à frente do Olympique de Marselha, segundo colocado na tabela com Campeonato Francês.

Logo aos cinco minutos do primeiro tempo, a torcida do PSG quase se empolgou com o grito de gol. Neymar carregou a bola pelo meio e conseguiu um belo passe para Kylian Mbappé na direita. O francês tocou para o meio da área e encontrou Pablo Sarabia, que fez o gol. O árbitro, porém, assinalou impedimento e anulou o tento.

Mas, somente dois minutos depois, Sarabia conseguiu abrir o placar. Mais uma vez, Neymar tentou um lance individual na entrada da área, mas acabou desarmado. A bola ficou viva na área e o camisa 19 bateu de primeira, no ângulo.

E, aos 16, o técnico do Montpellier se deparou com uma missão impossível. O goleiro Dimitry Bertaud cortou um lance de Mbappé com a mão fora da área e recebeu o cartão vermelho direto, deixando os visitantes com um a menos. Assim, Michel Der Zakarian abriu mão de um de seus atacantes para colocar o goleiro Damien Le Tallec.

Os canhotos dominaram o jogo. Após o belo gol do jogador espanhol, chegou a vez de Di Maria. O argentino entrou na área com espaço e bateu de cobertura na saída do goleiro para fazer o segundo gol do PSG.

Encerrando a primeira etapa da partida, em uma jogada infeliz, o Montpellier se atrapalhou e marcou um gol contra. Tentando afastar a bola da área, Ambroise Oyongo tocou na cabeça de Daniel Congré e a bola foi direto para o fundo do gol, ampliando a vantagem para 3 a 0.

Antes do apito final, Neymar foi derrubado por Souquet e saiu de campo andando com dificuldades. O lance, inclusive, gerou um cartão amarelo ao craque que revoltou a web.

Neymar de volta

Apesar da preocupação na ida ao vestiário, o brasileiro voltou para o segundo tempo com tudo e a etapa começou praticamente definida, mas o placar continuou crescendo. Os mandantes também contaram com a entrada de Cavani e Icardi.

Aos 11 minutos, no contra-ataque, Mbappé driblou Matis e bateu cruzado rasteiro para o gol. 4 a 0 para o PSG, e mais uma vez Neymar esteve presente no início da jogada. Nove minutos depois, Layvin Kurzawa ampliou para o time da casa. Na jogada, Neymar enfiou a bola para Mbappé, que soltou um foguete e obrigou o goleiro a rebater para o meio da área, dando a chance para o camisa 20. Até o apito final, ainda teve tempo para um gol anulado de Cavani.

Após a vitória, o Paris Saint-Germain volta a campo na próxima terça-feira (4). Pela 23ª rodada do Campeonato Francês, a equipe de Neymar encara o Nantes. Já o Montpellier enfrenta o Metz na quarta-feira (5).

Esporte