PUBLICIDADE
Topo

Botafogo

Botafogo encerra novela e confirma a contratação de Honda

Keisuke Honda assinou com o Botafogo até fim de 2020 após longas madrugadas de negociação - REUTERS/Giampiero Sposito
Keisuke Honda assinou com o Botafogo até fim de 2020 após longas madrugadas de negociação Imagem: REUTERS/Giampiero Sposito

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

31/01/2020 11h08

Keisuke Honda é jogador do Botafogo. Após longa negociação, o japonês finalmente assinou o contrato enviado pelo clube na última quarta-feira e defenderá o Alvinegro até o fim de 2020. Tanto o clube quando o jogador confirmaram hoje (31) o acerto. As conversas não foram das mais fáceis por conta do fuso horário, mas as partes deram um jeito para fecharem o negócio e voltar a agitar o mercado da bola.

A situação já estava encaminhada desde a última terça-feira, quando Honda disse sim ao Botafogo. Bastava ao clube colocar tudo que havia sido acordado verbalmente no papel. Tratado como "muito certinho", o japonês foi às redes sociais dizer que ainda não havia nada certo com o Alvinegro.

O excesso de cautela fez valer o adjetivo que recebeu de um membro da diretoria. De fato, o jogador fez tudo "certinho". Só assinou o contrato após ler tudo com calma e verificar que todas as exigências estavam no documento.

A ansiedade tomou conta dos botafoguenses que varavam as madrugadas esperando por uma resposta positiva de Honda. Mesmo com a hora bastante avançada, vários alvinegros seguiam ligados na esperança de ver uma fumaça branca.

A negociação

Oferecido ao Botafogo, Honda logo virou um dos assuntos mais comentados pela torcida nas redes sociais. A excitação foi tão grande que o clube não pensou duas vezes em abrir negociação com o atleta. O japonês curtiu a ideia de jogar no Alvinegro e passou a tratar das suas prioridades.

O Botafogo ofereceu um contrato de produtividade. Inicialmente o salário será de R$ 150 mil, mas poderá aumentar consideravelmente caso ele atinja determinadas metas com a camisa do clube. O valor, no entanto, ainda seria inferior aos R$ 500 mil que Diego Souza receberia no Alvinegro antes de rescindir e fechar com o Grêmio.

Na noite de segunda, os botafoguenses criaram uma hashtag convidando Honda a vir para o clube. Foi o assunto mais comentado no mundo. O jogador, inclusive, ganhou vários seguidores após abrir negociação com o Alvinegro.

Na terça, um dirigente do Botafogo chegou a dar a contratação como fechada, já que havia um acordo verbal com Honda. Porém, o jogador usou as redes sociais para negar que estivesse tudo certo. De fato, era uma questão de tempo até que tudo fosse apenas colocado no papel.

Botafogo