PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras "alternativo" goleia Oeste com três de Willian no Pacaembu

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

29/01/2020 21h05

Classificação e Jogos

Eram quatro mudanças em relação ao time titular, mas o Palmeiras sobrou diante do Oeste na noite de hoje (29), no Pacaembu, pela terceira rodada do Campeonato Paulista. Com três gols de Willian e outro de Gustavo Scarpa, justamente dois nomes que ganharam a chance de começar o confronto, o time de Vanderlei Luxemburgo fez 4 a 0 e somou a segunda vitória na competição estadual.

O resultado positivo recolocou o Palmeiras na zona de classificação do Grupo B para a fase de mata-mata do Paulistão. Com sete pontos, o clube alviverde fica apenas atrás do Santo André, que venceu o Água Santa pelo placar de 1 a 0, nesta quarta-feira. O Oeste, por outro lado, segue com três, atrás de Santos e Ponte Preta na chave A.

Após reencontrar o caminho da vitória no Paulistão, o Palmeiras volta a campo agora só no domingo (02). A partir das 16h (de Brasília), a equipe de Luxa encara o Red Bull Bragantino, no Nabi Abi Chedid. O Oeste, por outro lado, recebe a Ferroviária no sábado (01), às 16h30.

Quem foi bem: Willian

Willian - Marcello Zambrana/AGIF - Marcello Zambrana/AGIF
Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Willian recebeu elogio de Luxa, uma chance como titular e a faixa de capitão. A resposta veio de maneira categórica. Contra o Oeste, o atacante se mostrou mais do que uma simples opção para a posição de centroavante. Foram três gols, movimentação constante e participação ativa no ataque, como Luxemburgo gosta. O Bigode, com 43 gols, ultrapassou Valdivia como terceiro maior artilheiro do time no século. Ele segue entre os 11?

Quem foi mal: Mazinho

Ex-jogador do Palmeiras, Mazinho reencontrou o clube nesta quarta-feira e enfrentou dificuldades. Em meio a um Oeste recuado, o camisa 10 acabou sendo presa fácil no sistema de jogo palmeirense, mesmo mais aberto e com dois "volantes leves" como Zé Rafael e Ramires.

Cronologia do jogo

Scarpa - Marcello Zambrana/AGIF - Marcello Zambrana/AGIF
Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Não demorou para o Palmeiras se impor diante do Oeste no Pacaembu. Com um setor de meio-campo leve diante das presenças de Ramires, Zé Rafael e Lucas Lima, o time da casa controlou o ritmo de jogo e terminou o primeiro tempo com 72% de posse de bola, com 11 finalizações contra apenas 1 do time de Itápolis, segundo o SofaScore.

Apesar do domínio, o gol só veio na parte final da primeira etapa. Depois de defesa de Caíque França, Gustavo Scarpa pegou o rebote e foi derrubado dentro da área. Aos 37min, o mesmo Scarpa converteu o pênalti e deu tranquilidade para o time de Vanderlei Luxemburgo.

A vantagem no placar permitiu ao Palmeiras ditar o jogo ao seu ritmo. A superioridade acabou registrada aos 14min, quando Willian, com bela finalização de esquerda, colocou a bola no ângulo de Caíque França e fez 2 a 0 para o time alviverde. O mesmo Willian, aos 21min, ampliou após bela assistência de Marcos Rocha. O camisa 29 ainda fechou o marcador aos 35min

Verón é a melhor saída

Veron - Marcello Zambrana/AGIF - Marcello Zambrana/AGIF
Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

A equipe alternativa gerava questionamentos quanto ao entrosamento a nível competitivo. Quem mais rendeu, contudo, é justamente o nome mais em evolução do setor ofensivo. Saíram dos pés de Gabriel Verón as melhores jogadas do Palmeiras antes de abertura do placar. Primeiro, na base da individualidade, o jovem criou chance para Willian, que parou na defesa rival.

A mesma combinação apareceu poucos minutos depois, com o camisa 47 achando bom passe para Willian superar Caíque França. Para azar do capitão palmeirense na noite, o toque na bola usado para o drible foi forte demais, e o centroavante não teve ângulo para concluir para o gol.

Luxa tem Zé Rafael "área a área"

Luxemburgo - Marcello Zambrana/AGIF - Marcello Zambrana/AGIF
Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Luxemburgo recuou Zé Rafael e quer transformar o camisa 8 em um volante moderno e que trabalhe nas duas áreas do gramado. Durante o duelo contra o Oeste, o treinador recebeu o jogador desejado. Foi comum ver o "ex-meia" começar a construção das jogadas próximo a Gustavo Gómez e Luan e aparecer para finalizar, como em lance no qual recebeu ótimo passe de Gustavo Scarpa, ainda na primeira etapa.

New Pacaembu

O torcedor do Palmeiras encontrou um Pacaembu diferente na noite desta quarta-feira. No primeiro jogo sob a administração da concessionária Allegra, o público consumiu uma lanchonete ligada a uma rede de cinemas, com preços comparáveis aos das salas da empresa, e algumas mudanças na identidade visual do estádio. O nome do grupo que agora administra o local de forma privada está exibido ao lado do telão, e a música brasileira ficou de lado no sistema de som deste duelo.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 4 x 0 OESTE

Data: 29 de janeiro de 2020, quarta-feira
Horário: 19h15 (horário de Brasília)
Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Público pagante: 14.748
Renda: R$ 445.227,50
Árbitro: Edina Alves Batista (SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Daniel Paulo Ziolli (ambos de SP)
Cartões Amarelos: Zé Rafael (Palmeiras); Bruno Bispo, Marlon e Éder Sciola (Oeste)

Gols: Gustavo Scarpa (pênalti), aos 37 minutos do 1º tempo; Willian, aos 14, aos 21 e aos 35 minutos do 2º tempo

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha (Mayke), Luan, Gustavo Gómez e Victor Luis; Zé Rafael e Ramires; Gustavo Scarpa (Wesley), Lucas Lima (Raphael Veiga) e Gabriel Verón; Willian. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

OESTE: Caíque França; Éder Sciola, Sidimar (Betinho), Bruno Bispo e Alyson; Mantuan, Matheus Jussa e Mazinho; Roberto (Cauã Jesus), João Paulo (Fabrício Oya) e Marlon. Técnico: Renan Freitas.