PUBLICIDADE
Topo

Ainda sem conseguir fechar o elenco, Cruzeiro vê novelas se arrastarem

Ariel Cabral não aparece em Belo Horizonte desde o dia 15, e segue à procura de um novo clube na Argentina - Vinnicius Silva/Cruzeiro
Ariel Cabral não aparece em Belo Horizonte desde o dia 15, e segue à procura de um novo clube na Argentina Imagem: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

28/01/2020 04h00

Classificação e Jogos

Mais uma semana se iniciou e o Cruzeiro ainda não conseguiu colocar um ponto final na situação de alguns atletas. Fred, Dedé, Ariel Cabral e Rodriguinho percorrem diferentes caminhos para negociar com o clube, mas possuem em comum um mesmo objetivo: deixar a equipe e se transferir para outro time. Do quarteto, somente Rodriguinho estará em campo logo mais, às 20h, na segunda partida do ano, diante do Villa Nova, pelo Campeonato Mineiro.

Dos quatro atletas citados, o futuro do volante Ariel Cabral é o que gera maior mistério, até mesmo para a diretoria celeste. No dia 15, o jogador pediu liberação dos treinos para resolver assuntos particulares na Argentina. Na semana passada, ele fez um novo pedido e ganhou mais sete dias. Ontem (27), o jogador entrou novamente em contato com a diretoria e solicitou o prolongamento até o final desta semana. Não é segredo que o volante busca uma nova equipe para jogar em seu país natal, mas a falta de um desfecho em quase duas semanas aumenta a expectativa sobre o futuro do jogador.

Dedé e Fred possuem sondagens de outras equipes, mas ainda precisam se acertar com o Cruzeiro para deixarem o clube. De acordo com o estafe do zagueiro, Dedé desperta interesse de equipes da China, além do Vasco, ex-clube do jogador que não esconde a intenção de contratá-lo. Porém, a diretoria ainda aguarda uma proposta formal para liberar o jogador.

Também do Rio de Janeiro vem o interesse do Fluminense por Fred. O Tricolor aguarda o desligamento do atacante para iniciar as conversas com o camisa 9. Ontem, Fred esteve na Toca da Raposa, mas só realizou atividades internas. Na sede administrativa, o empresário do jogador se reuniu com a diretoria e avançou por uma saída. Agora, o departamento jurídico terá que levantar a dívida com o jogador e a forma como ela será paga para finalmente chegarem a um acordo.

Vale lembrar que o clube ainda tem outras situações indefinidas, mas que já estão pelo menos encaminhadas fora de campo. São os casos de jogadores que entraram na Justiça contra o clube, como Rafael, Thiago Neves e Ederson. No caso do goleiro, ele deverá retirar a ação em troca de um acordo de desligamento, mas o futuro de Rafael fora do Cruzeiro já é tratado como certo, mesma situação de Ederson. Thiago Neves também negocia questões financeiras com a diretoria, mas já até foi anunciado no Grêmio.

Diferente de Dedé, Fred e Cabral, Rodriguinho segue à disposição de Adilson Batista, mesmo que também esteja com sua situação indefinida. Enquanto não resolve seu futuro, o jogador topou ajudar a equipe dentro de campo. Na semana passada, ele comandou o meio-campo da Raposa no primeiro jogo do ano. No final do compromisso, não escondeu que sua saída da equipe é praticamente certa. A previsão era que Rodriguinho também estivesse com tudo (permanência ou saída) acertado até o último final de semana, o que acabou não acontecendo. Sendo assim, o meia deverá estar entre os 11 iniciais de Adilson para o jogo de logo mais.

FICHA TÉCNICA:
CRUZEIRO x VILLA NOVA

Data/Hora: 28/01/2020 (terça-feira), às 20h (de Brasília)
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima
Assistentes: Marconi Helbert Vieira e Pablo Almeida Costa
CRUZEIRO: Fábio; Edilson, Léo, Cacá e Rafael Santos; Jadsom, Adriano; Maurício, Rodriguinho e Alexandre Jesus; Judivan. Técnico: Adilson Batista.
VILLA NOVA: Ricardo Vilar; Roniery, Rodolfo Mol, Diego Macedo e Igor Tavares; Augusto Recife, Wellington, Diogo Oliveira e Bruno Smith; Paulo Henrique Leandro Cearense. Técnico: Emerson Ávila.

Cruzeiro