PUBLICIDADE
Topo

Seleção Brasileira


Brasil joga para se classificar no Pré-Olímpico com defesa sob observação

Danilo Lavieri

Do UOL, em Armênia (Colômbia)

28/01/2020 09h03

Classificação e Jogos

A seleção brasileira garante, hoje (28), um lugar no quadrangular final do Pré-Olímpico se vencer a Bolívia na partida marcada para começar 22h30 (de Brasília) em Armênia, na Colômbia. Os 100% de desempenho, no entanto, não deixam André Jardine completamente satisfeito. O treinador tem focado em bastante trabalho com sua defesa em todos os treinos.

A explicação é simples: com a linha formada por Guga, Nino, Bambu e Caio Henrique, o setor é o mais prejudicado com os cortes de última hora dias antes de iniciar a preparação para a competição.

A lista original de convocados para o torneio tinha Emerson, do Betis, Ayrton Lucas, do Spartak, Gabriel, do Lille, Ibañez, do Atalanta, e Walce, do São Paulo. Os quatro primeiros não puderam viajar por falta da liberação dos clubes, enquanto o último acabou cortado por lesão.

Voltando um pouco mais no tempo, usando o Torneio de Toloun como referência, aquele elenco ainda tinha Lyanco, do Bologna, Luiz Felipe, da Lazio, e Renan Lodi, do Atlético de Madri. Os três também não estão com o grupo. Por conta disso, o setor é o que tem menos entrosamento se comparado com os outros do time.

"A gente tem conversado muito, mostrado vídeos, para cada vez a nossa linha trabalhar junta. Isso não é fácil, cada um joga em um clube, com uma ideia diferente. Vamos tentar aqui padronizar da nossa maneira, encurtando o campo, com a linha defensiva muito atenta na bola profunda. Isso requer treinamento, a gente espera que a seleção já apresente uma evolução contra a Bolívia", afirmou Jardine em entrevista coletiva na véspera do jogo.

O treinador, aliás, pretende repetir a formação que venceu o Uruguai por 3 a 1, mas tem uma dúvida de última hora. Pedrinho deixou o treino reclamando de dores na coxa esquerda e só saberá se tem condições de jogo amanhã, horas antes de a bola rolar. Reinier é o favorito para assumir o lugar caso o corintiano não tenha condições.

A Bolívia impressionou a comissão técnica da seleção brasileira na apresentação que fez na última rodada, diante do Uruguai. Na ocasião, Jardine levou todo o seu elenco para acompanhar ao jogo diretamente das arquibancadas.

FICHA TÉCNICA
BRASIL X BOLÍVIA

Data: 28 de janeiro de 2020, terça-feira
Horário: 22h30 (de Brasília)
Local: Estádio Centenário de Armênia, na Colômbia

Brasil: Ivan; Guga, Nino, Bambu e Caio Henrique; Bruno Guimarães, Matheus Henrique e Pedrinho (Reinier); Antony, Paulinho e Matheus Cunha
Técnico: André Jardine

Bolívia: Rubén Cordano; Jairo Quinteros, José Carrasco, Sebastián Reyes, Antonio Bustamante; Héctor Sánchez, Layonel Figueroa, Moisés Villarroel, Roberto Fernández; Henry Vaca, Victor Abrego.
Técnico: Cesar Farias

Seleção Brasileira