PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Luan ignora descanso e quer pegar Mirassol para jogar ao 'lado da família'

Luan comemora com Camacho e Janderson o gol marcado pelo Corinthians sobre o Botafogo-SP - ANDRÉ ANSELMO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Luan comemora com Camacho e Janderson o gol marcado pelo Corinthians sobre o Botafogo-SP Imagem: ANDRÉ ANSELMO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo (SP)

24/01/2020 17h38

Classificação e Jogos

O meia Luan comentou sobre a sequência de jogos em 2020 (Flórida Cup e estreia no Paulista), mas fez questão de dizer que está 100% para defender o Corinthians contra o Mirassol, neste domingo (26), às 19h (de Brasília), no estádio José Maria de Campos Maia, em MIrassol, pela segunda rodada do Paulistão 2020.

O camisa 7 não para de viver emoções desde que chegou ao Corinthians, seu clube de infância. Após estreia com dois gols na Flórida Cup e também estrear com gol defendendo o Corinthians na Arena, o meia agora jogará do lado de sua família e amigos.

Luan nasceu em São José do Rio Preto e jogará em Mirassol. As cidades são separadas por apenas 17 quilômetros. O camisa 7 brincou que metade da torcida no estádio será representada por seus familiares e amigos.

"Em Rio Preto, na minha cidade, foi onde comecei. E jogar ali do lado para mim é especial, ainda mais representando o Corinthians, ali naquela região tenho muitos amigos corintianos, a maioria, a gente sempre acompanhava e representar o Corinthians perto da família e dos amigos terá um gosto especial", afirmou Luan.

"Estou treinamento forte, trabalhando bastante, para suportar essa sequência de jogos, estou 100%, quero jogar todas as partidas possíveis, ajudar de alguma forma, ainda mais jogar perto de casa, isso se torna um pouco especial, minha família a meus amigos todos vão, sempre quis jogar pertinho deles. Acho que metade da torcida vai ser meus amigos e minha família", completou.

Luan entrou em campo pelo Corinthians em três oportunidades e marcou três gols. Ontem (23), contra o Botafogo, ele marcou o segundo gol, de pênalti, na goleada do Alvinegro por 4 a 1, na estreia do time no Campeonato Paulista.

Futebol