PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Galvão lamenta morte de Sérgio Noronha: "Mais do que amigo, um mestre"

Galvão Bueno ao lado do comentarista Sérgio Noronha - Reprodução/Instagram
Galvão Bueno ao lado do comentarista Sérgio Noronha Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

24/01/2020 21h06

O narrador Galvão Bueno lamentou hoje a morte do ex-comentarista esportivo Sérgio Noronha. A informação foi confirmada pela UOL Esporte com o Retiro dos Artistas, local em que ele morava desde 2018, e com o amigo Arnaldo Cezar Coelho. Ele morreu vítima de uma parada cardíaca

"Sérgio Noronha foi para mim e muitos outros, mais do que um amigo e parceiro de transmissões inesquecíveis. Seu Nonô foi um mestre!! Um grande jornalista à frente de seu tempo!!", escreveu Galvão na legenda do vídeo que gravou para o Instagram.

"A imprensa brasileira perdeu um de seus grandes nomes da história. Eu, pessoalmente, perdi um grande amigo e um mestre. Faço sempre questão de frisar da parceria com fiz com Sérgio Noronha na Copa do Mundo de 1982, na Espanha, pela Rede Globo", lembrou o narrador.

"Ali, Noronha me ensinou muito, a ser um profissional mais completo e uma pessoa humana muito melhor. Que Deus o receba com muito amor e muito carinho, Seu Nonô", completou.

Em julho do ano passado, Noronha concedeu uma entrevista ao UOL Esporte em que relembrou sua história na TV e falou sobre a vida no Retiro dos Artistas. O ex-comentarista não contava com nenhum familiar próximo e sofria com dificuldades financeiras.

O último momento da relação de Noronha com a Globo foi em 2011, quando comentou partidas através do canal Premiere, no sistema pay-per-view. Depois, o veterano acabou preterido por profissionais mais jovens.

Futebol