PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Flu aposta em números de Odair como mandante em estreia no Maracanã em 2020

Bom mandante no Inter, Odair quer repetir a dose no Fluminense - Lucas Mercon/Fluminense FC
Bom mandante no Inter, Odair quer repetir a dose no Fluminense Imagem: Lucas Mercon/Fluminense FC

Caio Blois

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

23/01/2020 04h00

Classificação e Jogos

O Fluminense começa hoje (23) uma caminhada que não foi tão fácil em 2019. O fator casa deveria indicar um bom retrospecto, mas o ano que passou não mostrou exatamente isso para o Tricolor no Maracanã. O primeiro desafio no estádio será contra a Portuguesa, pelo Campeonato Carioca, às 20h, e o Flu aposta nos números de Odair Hellmann como mandante para ter um 2020 mais forte em seus domínios.

Na última temporada, o Tricolor não conseguiu fazer valer a força de sua casa. Foram 38 jogos entre Carioca, Copa do Brasil, Sul-Americana e Brasileirão, mas o time venceu apenas 15 jogos, com 13 empates e dez derrotas, incluindo clássicos na conta. Os 50,88% de aproveitamento cobraram a conta: foi por não conseguir vitórias decisivas no Maracanã que a equipe acabou eliminada nos mata-matas e ficou na parte de baixo da tabela na Série A, onde a média caiu para 38,6%, quinta pior marca da competição.

Já Odair se destaca pelo oposto: nos dois anos de Internacional, o treinador conseguiu construir com equipe gaúcha e torcida uma aliança fortíssima. Atuando no Beira-Rio sob o comando do técnico, o Colorado manteve 78% de aproveitamento, com 41 vitórias, 11 empates e apenas cinco derrotas em 57 jogos.

Em declarações e entrevistas, o treinador sempre bateu na tecla de fazer do próprio estádio uma fortaleza contra os rivais, o que espera repetir pelo Fluminense. No primeiro desafio, ele terá as mesmas dificuldades de sua estreia: os desfalques.

"Eu sabia das dificuldades que iríamos encontrar contra um equipe que está trabalhando há mais tempo que a gente, todas as situações que aconteceram nesses últimos dias, da impossibilidade de inscrever alguns jogadores, das lesões de outros... Mas isso fortalece uma das ideias centrais que tenho, de que para um time ser competitivo precisa ter um grupo muito forte, muito coeso, porque acontecem muitas coisas no futebol, lesões, suspensões, substituições por estratégia de jogo... Alguns jogadores estarão liberados para o próximo jogo, há jogadores se recuperando... Isso é fortalecer a ideia de grupo", declarou Odair após a vitória sobre a Cabofriense.

Além de não ter a maioria dos reforços, que ainda não estão regularizados, e não poder contar com alguns jogadores lesionados, a comissão técnica optou por poupar Muriel, Mascarenhas, Yuri e Ganso, que fazem trabalho físico específico, alongando a pré-temporada. Por isso, o Flu estará ainda mais "reserva" que na estreia. Com mudanças, Odair Hellmann escalará Matheus Alessandro no ataque.

FICHA TÉCNICA:
FLUMINENSE x PORTUGUESA

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 23 de janeiro de 2020, quinta-feira
Hora: 20h (de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães
Assistentes: Carlos Henrique de Lima e Wallace Muller Santos

FLUMINENSE: Marcos Felipe; Gilberto, Matheus Ferraz, Luccas Claro e Orinho; Hudson, Dodi e Nenê; Matheus Alessandro, Lucas Barcellos e Felippe Cardoso. Técnico: Odai Hellmann

PORTUGUESA: Jefferson; Luis Gustavo, Marcão, Diego Guerra e Diego Maia; Maicon Douglas, Muniz e Romarinho; Chayene, André Silva e Jhulliam. Técnico: Rogério Corrêa

Fluminense