PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV


Comparado a Dudu, Edílson Capetinha manda recado a Luxa: "Está equivocado"

Vanderlei Luxemburgo, técnico do Palmeiras, durante partida contra o Ituano - Rebeca Reis/AGIF
Vanderlei Luxemburgo, técnico do Palmeiras, durante partida contra o Ituano Imagem: Rebeca Reis/AGIF

Colaboração para o UOL, em São Paulo

23/01/2020 15h00

Ex-jogador e atual comentarista da Bandeirantes, Edílson Capetinha mandou um recado para o Vanderlei Luxemburgo durante o Os Donos da Bola desta quinta-feira. Incomodado com uma comparação feita pelo treinador do Palmeiras, ontem, após a vitória sobre o Ituano por 4 a 0, o comentarista recordou sua passagem pelo alviverde, também comandado por Luxa, e cornetou o técnico.

"Um recado para o Vanderlei: Você está equivocado. Eu era técnico. Quando comecei no Tanabi, no Guarani, eu era meio-campo. Eu fui para o Palmeiras pelos serviços prestados a estes times. Então, quando eu fui para o Palmeiras, 93 e 94, campeão paulista, campeão brasileiro, eu era técnico e jogava de meio-campo. (...) Ele me adiantou porque eu não gostava muito de marcar. O Vanderlei gosta que o meia marque o volante", disse o ex-jogador.

"Foi isso que ele falou", observou Neto.

"Ele está falando que eu sou igual ao Dudu. Que eu não tenho técnica. Está de brincadeira", reclamou o Capetinha.

"Ele só te elogiou", completou o apresentador.

O descontentamento de Edílson deve-se a uma resposta dada por Luxemburgo após a estreia no Campeonato Paulista. Na ocasião, questionado sobre a possibilidade de Dudu atuar no meio-campo, o técnico usou a mudança no posicionamento de Edílson nos anos 90 para explicar porque o camisa 7 não pode desempenhar esta função.

"Não. Ele não tem a qualidade de jogador de meio-campo. Ele é driblador, é habilidoso, não é técnico. Jogador de meio-campo é técnico, que faz a bola chegar. Ele é um jogador habilidoso e de condução de bola, assim como o Edílson. Tanto é que o Edílson era meio-campo e eu adiantei ele como atacante, porque ele é um jogador habilidoso que vai para dentro do gol", disse o treinador em coletiva pós-jogo

UOL Esporte vê TV