PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Thiago Neves no Grêmio? Renato Gaúcho apoia e direção negocia contratação

Marcelo Alvarenga/AGIF
Imagem: Marcelo Alvarenga/AGIF

Jeremias Wernek e Thiago Fernandes

Do UOL, em Porto Alegre e Belo Horizonte

22/01/2020 12h19

Atrás de um meia, o Grêmio voltou ao nome de um velho desejo de Renato Gaúcho: Thiago Neves. Hoje (22), o jogador rescindiu com o Cruzeiro e está livre no mercado da bola. As conversas com o time gaúcho foram iniciadas no final de semana depois de o treinador apoiar a investida.

Sem Luan, agora no Corinthians, e Jean Pyerre, que fechou quatro meses fora por lesão na coxa e não tem prazo para voltar, o Grêmio vasculha o mercado da bola atrás de opções.

Aos 34 anos, Thiago Neves foi tentado pelo Grêmio duas vezes na temporada passada.

Na investida mais recente, revelada à época pelo UOL Esporte, a disposição era tanta que nem mesmo a limitação de regulamento pesou. Antes da Copa América, houve tratativa com o jogador e o Cruzeiro para o meia atuar somente no Campeonato Brasileiro.

Agora, o nome do ex-jogador do Fluminense ganha força pela dificuldade em achar reforço.

"Tive o prazer de trabalhar com ele no Fluminense, admiro como jogador e pessoa. É um jogador que se encaixa em qualquer grande clube. Ano passado não esteve tão bem? Bom, não cabe a mim falar sobre o que aconteceu. O Cruzeiro não foi bem o ano todo e é um clube que tenho grande carinho também, mas não foi bem muito pelo o que aconteceu fora de campo. Mas é um jogador que eu tenho admiração, gosto muito dele. Vai perguntar se tem chance de chegar ao Grêmio? Respondo que tenho que pensar no jogo contra o Caxias. Ele é muito acima da média, muito acima da média. Se ele for para outro grande clube do Brasil, motivado, é um jogador muito útil para qualquer treinador", disse Renato Gaúcho.

Thiago Neves tinha contrato na Toca da Raposa II até dezembro de 2020. Ontem, o jogador teve reunião que encaminhou a saída e a rescisão foi publicada no sistema da CBF hoje.

Boca Juniors e River Plate, ambos da Argentina, fizeram contato para tentar a contratação do jogador. O estafe do meia-atacante foi a Buenos Aires para conversar com os dois clubes, mas não houve acordo ainda. O Al-Hilal, da Arábia Saudita, aguarda a definição do atleta com os mineiros para avançar em uma eventual negociação.

Futebol